Capítulo II – AS RIQUEZAS ENVOLVEM VOCÊ

A Bíblia diz: … “A terra está cheia de begnidade do Senhor” (Salmos 33:5). Há riquezas à sua volta simplesmente porque a
Presença Divina, embora invisível, é onipresente ou está presente em toda parte.
É como o ar que nos envolve, do qual nunca há falta. Cada homem pode respirar a quantidade que desejar e sempre há,
ainda, um suprimento enterminável de ar. Você pode assimelhar essa Presença ao oceano, do qual se pode retirar um dedal ou um garrafão cheio de água sem que ele se altere.


Essa Presença é a vida infinita, apartada da qual não existe vida; é também substância infinita, do mesmo modo que seus
pensamentos e sentimentos são a substância existente em tudo que você é, faz e possui.
Sua consciente reconciliação com essa Presença supera todo o senso de privação ou carência, pois Ela está prenhe de
substância, a fonte viva da qual fluem todas as benesses e que supre todas as coisas que existem.
Há bastante de tudo, assim como também abundância de oportunidades para o homem que vive em sintonia com o Ser
Infinito e que pensa em termos elevados. Ele terá uma resposta daquela Presença e, em conseqüência, dará significado a toda sorte de bem em sua vizinhança.
O prazer do Senhor consiste em proporcionar-lhe o reino da saúde, da felicidade, da paz, da alegria e da abundância em coisas materiais.

HÁ BASTANTE DE TUDO

Comece agora a compreender claramente que o poder criador existente em seu íntimo é ilimitado; não há portanto qualquer razão para limitar a amplitude do gozo e da experiência daquilo que você pode criar através desse poder. Você está sempre se abastecendo na Fonte Infinita e não precisa jamais se preocupar em não tirar mais do que lhe compete, pois a Fonte Infinita é inesgotável e eterna, ontem, hoje e sempre.
A maior tolice do homem é não ter idéia das verdadeiras riquezas existentes em seu íntimo e considerar as condições,
produtos e bens exteriores como as verdadeiras riquezas ao invés do poder criador da sua própria mente.   Lembre-se de que não há limite para retirar aquilo de que necessita desse depósito infinito. Sua verdadeira riqueza consiste
em identificar-se com a fonte da opulência e das grandes riquezas.
Pense em opulência, isto é, em grandes coisas, pense generosa e liberalmente e terá benesses fluindo para você de todas as direções, tais como dinheiro e inúmeras outras coisas, todas representando diferentes formas de riqueza.

Onipotência está em seu próprio íntimo; você dispôe, portanto, de poder suficiente. O homem que adquire consciência
das riquezas infinitas de Deus (da Fonte), existentes em seu íntimo, dispõe de paz infinita, de alegria sem limites e de harmonia absoluta, além de um número também infinito de idéias de sucesso, expansão, melhoria, progresso e criatividade de todos os tipos e variedades intermináveis. “Todas as coisas ficam prontas quando a mente também o está”.

A RIQUEZA MENTAL

Recebi uma carta de um homem de negócios que dizia como foi levado a acreditar que a pobreza era uma virtude e como essa crença supersticiosa, implantada em seu subconsciente, vinha do seu bem-estar pessoal. Entretanto, após ouvir, certa manhã de domingo, algumas preleções minhas, passou a afirmar várias vezes por dia o seguinte:
“Da mesma forma que o ramo de uma árvore é uma extensão da sua vida, eu também sou um prolongamento da
sabedoria, do poder e da energia criadora de Deus. Sou um filho de Deus e herdei todos os direitos, privilégios e benesses de Suas riquezas. Minha mente está concentrada em Deus e todo o meu ser sente a Sua presença invisível. Acredito e mentalmente aceito que o Ser Infinito me inunda com Suas riquezas, proporcionando-me harmonia, inspiração, benesses e uma abundância de coisas. Estou em consciência com o Senhor. Seu poder criador é também meu; Sua sabedoria, força, inteligência e compreensão são igualmente minhas. Sua Inteligência Infinita dirige todas as minhas atividades e Seu espírito de opulência é responsável pelo meu sucesso, meu bem-estar e minha fartura. Minha mente e meu coração estão
abertos às riquezas do Infinito e a prosperidade responde a todos os meus esforços. Deus e o homem são uma mesma criatura. O Senhor e eu somos uma só pessoa”.

A oração acima é muito bonita e também muito eficaz. Esse homem prosseguiu repetindo-a de três a quatro vezes por dia em seu próprio escritório e, como resultado, abriu mais três lojas e admitiu mais vinte e cinco empregados para operar e supervisionar seus negócios.
O pretenso milagre consistiu simplesmente numa reformulação mental e no cultivo do espírito da opulência.

PROBLEMAS FINANCEIROS E RECUPERAÇÃO

Um jovem rapaz de dezesseis anos, morador em minha vizinhança, veio ver-me e disse-me que seu pai não queria deixá-
lo cursar a universidade para ser engenheiro. Seu pai vivia constantemente dizendo: “Não temos dinheiro para pagar a
universidade. Não temos com que pagar a hipoteca da nossa casa nem a promissória a vencer no banco. Nunca temos o suficiente para as despesas. Esqueça isso!

Pode-se ver a razão dos problemas financeiros desse pai. Ele estava constantemente preocupado com deficiências, limitações e restrições financeiras de todos os tipos e seu subconsciente naturalmente se comportava de acordo com seu modo habitual de pensar. Pense em riqueza e ela lhe aparecerá; pense em pobreza e ela se fará presente.

MUDANÇA DE ATITUDE PRODUZ MARAVILHAS

Expliquei ao pai daquele rapaz que tudo de que precisava era cultivar o sentimento da opulência e imaginar constantemente que possuía toda sorte de riquezas. Em conseqüência, todas as noites antes de dormir, ele imaginava que havia recebido uma carta do filho dizendo-lhe como estava feliz por estar na universidade e agradecendo-lhe por tudo que fizera por ele. E mais ainda, silenciosa e convictamente, afirmava: “Deus é a fonte eterna do meu provimento e atende permanentemente a todas as minhas necessidades”.
Durante o dia, quando lhe vinham à mente pensamentos tais como: “Estou sem dinheiro; não sei como vou pagar minhas
contas; que tenho para dar? Estou quebrado”, etc., nunca permitia que a sentença se completasse em sua mente. Persistia na neutralização do sentimento de negatividade, afirmando imediatamente: “Deus é a fonte permanente do meu provimento e atende instantaneamente a todas as minhas necessidades”. Freqüentemente, de início, repetia isso de trinta a quarenta vezes por hora, mas após alguns dias o momento e a força dos pensamentos negativos habituais se desvaneceram e cessaram de atormentá-lo.

A seguir, quase milagrosamente, ganhou uma grande importância em dinheiro com um bilhete de loteria premiado que
lhe permitiu pagar todas as suas dívidas e lhe deu grande confiança e fé no poder de sua mente para atender a todas as suas necessidades a qualquer tempo e em todas as partes.
Hoje em dia, seu filho está na universidade que escolheu e profundamente agradecido pela descoberta das verdadeiras
riquezas. Esse pai e esse filho jamais terão receio ou vacilarão se se defrontarem com emergências ou problemas financeiros.

1001 Maneiras de Enriquecer, p. 18

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s