A quinta tarefa — Servir ao não-racional

Nessa parte da história, Vasalisa pediu o fogo a Baba Yaga, e a Yaga concorda se Vasalisa fizer, em troca, alguns serviços domésticos para ela. As tarefas psíquicas desse período de aprendizado são as seguintes:  ficar com a Deusa Megera; aclimatar-se às imensas forças selvagens da psique feminina; chegar a reconhecer o poder dela (o …

Continue lendo A quinta tarefa — Servir ao não-racional

Capítulo VII – O RICO FICA MAIS RICO

Os verdadeiros ricos são aqueles que conhecem o poder criador do pensamento e que procuram impressionar o seu subconsciente com pensamentos de abundância e prosperidade, os quais, por sua vez, fazem com que suas imagens mentais venham a se concretizar.   Homens ficam ricos por pensarem de determinado modo, evitando pensar em aparências e por …

Continue lendo Capítulo VII – O RICO FICA MAIS RICO

A pior das épocas, a melhor das épocas

Você e eu escolhemos estar presentes durante esta época caótica no planeta Terra, embora, às vezes, possamos imaginar se não deveríamos ter pensado bem sobre o contrato antes de assiná-lo. Na verdade, é a melhor época possível. Como disse um representante da China nas Nações Unidas, alguns anos atrás: "As condições são excelentes; o mundo …

Continue lendo A pior das épocas, a melhor das épocas

A quarta tarefa — Encarar a Megera Selvagem

Nessa parte da história, Vasalisa encontra a Megera Selvagem pessoalmente. As tarefas desse encontro são as seguintes: ser capaz de suportar o rosto apavorante da Deusa Selvagem sem hesitar (topar com a Baba Yaga);familiarizar-se com o mistério, a estranheza, a “alteridade” do selvagem (residir na casa de Baba Yaga por algum tempo); adotar nas nossas …

Continue lendo A quarta tarefa — Encarar a Megera Selvagem