Abraham — E Se Não Trabalhar, Há Pagamento?

Esse áudio de Abraham anexado abaixo são perguntas que eles fazem à platéia e que podem nos mostrar a quantas anda o nosso pensamento/vibração sobre “dinheiro”…

Apresentarei aqui apenas as perguntas feitas por Abraham para que nós possamos respondê-las de acordo com nossa realidade vibracional, ok?

Vamos às perguntas de Abraham.

Você gosta de trabalhar por dinheiro?

Você gosta de dinheiro?

Você gosta do dinheiro fluindo para a sua experiência?

Você gosta do sentimento de merecer dinheiro?

Você justifica o dinheiro que vem e que você permite que venha, você o justifica?

E se a justificativa for a sua forma de permissão?

Você consegue sentir que existe muito espaço para se brincar com isso ? Você seria capaz de mudar sua perspectiva e entrar em um espaço mais “permissivo” que precise de menos justificativas?

Você conhece pessoas que trabalham muito, muito mesmo e não têm dinheiro fluindo para a experiência delas?

Você conhece pessoas que parecem não trabalhar nada e  têm muito dinheiro fluindo para a experiência delas?

Você entende que essas pessoas ofereceram isso? Que elas apenas mudaram a si mesmas vibratoriamente e foi isso que fez toda a diferença? Que não se trata da ação que se toma, mas do alinhamento vibracional ?

Você entende que esse é o único trabalho que você tem? Trabalhar com a sua energia, trabalhar com a sua vibração, trabalhar com a sua atitude, trabalhar com o seu sentimento, trabalhar com o seu pensamento para que se sinta bem, contar-se  uma nova história, tornar-se o escritor de sua história, da forma como quiser que ela se desenrole…

Você acha que é errado uma pessoa ter muito dinheiro?

Se alguém tem muito dinheiro, ele está tirando o dinheiro de outra pessoa?

O dinheiro é um tipo de força que tem que ser dividida ou ele se expande exponencialmente, com base no desejo?

Você entende que existem muitas pessoas que pedem e que uma herança recheada, pronta para lhes ser entregue não tem a permissão de chegar-lhes pelos pensamentos a respeito de “trabalho” que essas pessoas têm?

Você entende como os pensamentos de repressão ou de depressão não tem nada a ver com a realidade, mas com a atitude, com o foco?

Você percebe que existem aqueles que prosperam em tempos de crise e aqueles que não vão bem em tempos de abundância? Você entende que isso tem a ver com a vibração, nada a ver com a algum tipo de realidade?

Com certeza.

Tradução minha, Flávia Criss em Abr/2010.









Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s