COMO MUDAR

Atravesso pontes com alegrias e facilidade.

Adoro “como fazer”. Toda a teoria do mundo é inútil a não ser que saibamos como aplicá-la para mudar alguma coisa. Sempre fui uma pessoa muito pragmática, prática, com grande necessidade de saber como fazer as coisas.

Os princípios que trabalharemos  agora serão: alimentar a disposição de soltar; controlar a mente;  aprender como perdoar-se e perdoar os outros para nos libertar.

Desprender a necessidade

Às vezes, quando tentamos soltar um padrão, toda a situação parece piorar durante algum tempo.
Isso não é ruim, mas apenas um sinal de que a situação está começando a se mexer. Nossas afirmações estão funcionando, temos de ir em frente.

Exemplos:

Trabalhamos para aumentar a nossa prosperidade e perdemos a carteira.
Trabalhamos para melhorar nossos relacionamentos e arranjamos uma briga.
Trabalhamos para ficarmos saudáveis e pegamos um resfriado.
Trabalhamos para expressar talentos e capacidades criativas e somos despedidos.

Às vezes o problema toma uma direção diferente e começamos a ver e entender mais. Por exemplo, suponhamos que você esteja tentando parar de fumar e diga: “Estou disposto a soltar essa necessidade de cigarros”. À medida que vai trabalhando nisso, nota que seus relacionamentos vão se tornando mais desagradáveis.
Não se desespere, é um sinal de que o processo está em andamento.
Você pode se fazer uma série de perguntas, tais como:  “Estou disposto a desistir de relacionamentos desagradáveis? Será que meus cigarros estavam  criando uma cortina de fumaça para eu não perceber o quanto esses relacionamentos eram desagradáveis? Por que estou criando esses relacionamentos?”
Você nota que os cigarros são apenas um sintoma, não uma causa. Então passa a desenvolver a percepção e a compreensão que o libertarão.
Em seguida, você percebe, digamos, que o que o desagrada nesses relacionamentos é que os outros parecem sempre criticá-lo. Tendo consciência de que nós criamos todas as nossas experiências, você então começa a afirmar:
“Estou disposto a deixar ir a necessidade de ser criticado”.
E quando pensa em críticas, você percebe que recebeu muitas delas quando criança, e é por causa disso que a criancinha no seu interior só se sente “em casa” quando é criticada. Seu modo de esconder esse padrão pode ter sido a criação de uma “cortina de fumaça”.
O próximo passo então poderá ser: “Estou disposto a perdoar —–“.
À medida que prossegue com suas afirmações, você talvez descubra que os cigarros não o atraem mais e que as pessoas com quem convive deixam de criticá-lo. Então você sabe que soltou sua necessidade.

Isso geralmente leva algum tempo de trabalho. Se você for persistente, tiver delicadeza e estiver disposto a se dar alguns instantes de silêncio a cada dia para refletir sobre o seu processo de mudança, obterá as respostas. A inteligência dentro de você é a mesma Inteligência que criou todo este planeta. Confie na sua orientação Interior e ela lhe revelará tudo o que você precisa saber.

Exercício: Soltar a necessidade

Se estivéssemos num curso, eu mandaria você fazer este exercício com outra pessoa. No entanto, você pode praticá-lo sozinho com um espelho grande, de preferência.
Pense por um instante em algo em sua vida que você quer mudar. Vá para o espelho, olhe-se nos olhos e diga em voz alta: “Agora percebo que criei essa condição e estou disposto a soltar o padrão em minha consciência que é responsável por ela”. Repita várias vezes, com emoção.
Se você estivesse com um parceiro, eu o mandaria perguntar-lhe se você está realmente disposto, se acha que é mesmo isso que quer. Em seguida pediria-lhe que convencesse seu companheiro.

Como você está trabalhando com o espelho, pergunte-se se é isso mesmo que quer. Convença-se de que desta vez você está pronto para se libertar da servidão do passado.
A essa altura, muitos ficam assustados porque não sabem como se libertar. Têm medo de se comprometerem antes de saber todas as respostas. Isso é apenas mais resistência. lgnore-as.

Uma das coisas mais formidáveis que existe é  que não precisamos saber “como”. Tudo o que precisamos é estarmoa dispostos. A Inteligência Universal ou a mente subconsciente descobrirá os “como”. Cada pensamento que você tem ou cada  palavra que fala está recebendo resposta, e o ponto do poder situa-se “neste instante”. Os pensamentos que você tem e as palavras que afirma neste momento estão criando seu futuro.

Louise Hay, Você Pode Curar a Sua Vida. Ed. Best Seller, p. 29. Trad. Evelyn Massaro. Revisão de Flávia Criss. Mai/2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s