EXERCÍCIO: A expressão de uma qualidade superior

Podes utilizar este exercício para aprender a expressar certa qualidade superior com mais frequência, visualizando o que seria ter e ser esta qualidade.

Preparação:

Encontra um momento e um lugar onde possas relaxar e pensar sem interrupções.

Passos:

1. Fecha os olhos e pensa em uma qualidade superior que gostarias de ter mais em tua vida: valor, paz, felicidade, bem-estar ou amor. É preferível eleger uma qualidade que achas que o dinheiro te pode contribuir. Pensando nesta qualidade, imagina-te que a estás a sentir. Como a sentes? Podes a incorporar em teu corpo? Fazendo-o, observa as mudanças em tua posição ou respiração.

2. Imagina-te uma situação futura na que expressas ou experimentas esta sensação. Elege uma cena mental — um futuro acontecimento imaginário que representa o como sentirias esta qualidade. Se, por exemplo, desejas mais paz interior em tua vida, podes pensar em uma situação comum que experimentas com freqüência e te visualizar sentindo paz interior a cada vez que se produza. Cria imagens singelas. Repete em tua mente uma e outra vez. Sente as sensações que desejas que esta situação te contribua como se fossem realidade neste momento.

3. Observa tua forma de imaginar a cena. Vês outras pessoas, a roupa que usas ou o ambiente? Enche tua imagem mental com todos os detalhes que te possas imaginar.

4. Observa, de novo, tua cena imaginada. É luminosa ou apagada? Fá-la mais luminosa e observa tua sensação de qualidade superior enquanto a fizer.

5. Estás a vê-la como uma imagem diante de ti, como se estivesses ante uma tela de cinema, ou estás imerso na imagem? É grande ou pequena? Está diante de ti ou ao longe? Faz a imagem tão real que te encontres sumido nela.

6. Se há alguém te falando, faz que sua voz seja bela, agradável e rica. Acrescenta sons belos e agradáveis à tua imagem –sons da natureza, talvez do mar ou de uma bela música de fundo.

7. Faz o meio ainda mais belo e agradável. Intensifica as cores em tua mente. Apalpa os objetos na cena e imagina-te os cheiros. Deixa que a imagem tenha um ângulo de 360°, te rodeando, te cobrindo, fazendo parte de ti. Faz ainda mais real a sensação de paz interior ou a qualidade que desejes. Se teus pensamentos desviam-se, orienta-os, de novo, para a cena e a qualidade desejada.

8. Quanto mais vivamente possas imaginar a cena ou sentir a qualidade, tanto melhor. Imagina-te desfrutando da presença destas sensações ou qualidades. Faz a imagem tão real que quase a possas tocar, ouvir e ver. Contribui toda a força de tuas emoções.

9. Deixa que a cena se desvaneça lentamente. Desfruta de tuas sensações todo o que queiras e, depois, abre os olhos. Respira profundamente e enfoca tua atenção à realidade presente.

Avaliação:

Quanto mais possas-te imergir na imagem, deixando de contemplá-la como espectador desde fora (como se visses um filme), mais fácil e rapidamente criarás a sensação da qualidade que desejas. Quanto mais real faças tua cena imaginaria e as sensações da qualidade, com mais frequência experimentá-la-ás em tua vida. Se não podes te imaginar uma cena, poderás atrair a qualidade para ti pensando nela tão com freqüência como te seja possível. Imagina-te que a estás a sentir. Incorpora a sensação em teu corpo e fá-la o mais real possível.

“Como criar dinheiro”,  por Sanaya Roman e Duane Packer. p. 16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s