Tudo o que crio me satisfaz

Se centras-te no aspecto da casa ou a imaginas em todo o detalhe mas sem ter claras as funções que desejas que cumpra, poderá encontrar o aspecto específico que tinhas imaginado e descobrir que a casa não satisfaz tuas necessidades. Se compras uma casa em particular só porque gostas de seu aspecto mas sem saber para que a queres (para convidar a teus amigos, armazenar os móveis e utensílios ou instalar um escritório), a casa poder-te-ia decepcionar. Poderia dispor de pouco espaço para visitas ou não ter cômodos suficientes. Ainda que seja bom imaginar uma casa muito específica incluindo até a cor das paredes, também faz falta saber porquê se deseja estas características particulares. Quando souberes a essência do que desejas, os objetos atraídos contribuir-te-ão com o que precisas.

Mesmo quando souberes a forma do que desejas, terás de conhecer sua essência. Para descobrí-la, seja tão específico como possas. Se, por exemplo, queres um televisor novo, pensa na cor, nas características e nas opções que precisas; depois pergunta-te “Porquê desejo esta característica em vez daquela outra?” Sendo cada vez mais específico, descobrirás a essência do desejado. Se alguma vez desenhaste ou construíste algo, terás visto que te fez falta pensar de antemão nos usos e funções que desejavas dele para que sua realização servisse a teus propósitos.

As coisas que crio são ainda melhores do que imaginava.

Se pedes algo indefinido, como por exemplo ser rico ou feliz, te pergunta “Como saberia que sou feliz? Quanto dinheiro preciso no banco para saber que sou rico?Quantos rendimentos mensais? Quanto dinheiro extra para gastar em coisas que quero?”

Se pedes dinheiro extra sem especificar a quantidade, poderias conseguir cem Reais em vez da quantidade maior mas indeterminada na que estavas a pensar. Pede a quantidade específica de dinheiro que desejas; magnetiza esta quantidade ou inclusive mais. Imagina também a essência de tudo aquilo que contribuir-te-á o dinheiro e as qualidades superiores que queres que te ajude a expressar.

Quando magnetizas algo específico, pergunta “Qual é a essência ou as funções que espero disso? De que maneiras penso o utilizar? É esta a única forma ou maneira aceitável para o receber? Estou aberto à chegada do melhor possível? Existem outras formas que cumpririam as mesmas funções de modo ainda melhor? Posso ter a essência do desejado agora mesmo, sem esperar comprar este objeto específico ou conseguir esta soma de dinheiro?”

Quando magnetizas, podes te imaginar o objeto específico que desejas e as funções e necessidades que esperas que satisfaça ou podes te imaginar as necessidades que desejas satisfazer e deixar que venha a forma que seja melhor. Qualquer dos dois métodos é efetivo.

Uma vez tenhas clara a essência do desejado, aprende a reconhecê-lo quando chegar.

Uma mulher queria um novo apartamento e era muito precisa com respeito à sua forma. Queria que tivesse terraço, muita luz do sol e um parque nas imediações. Também tinha claros os benefícios que estas características específicas lhe podiam contribuir. O terraço permitir-lhe-ia ter um jardim onde cultivar verduras e a localização permitir-lhe-ia passear entre árvores e ao ar puro. Trabalhou energicamente para atrair para si tanto o apartamento como a essência de seus benefícios. Pouco depois, conheceu um novo amigo que trabalhava com produtos agrícolas e ele lhe trouxe muitas verduras frescas. Encantava-lhe o campo e passavam muitos fins de semana caminhando e acampando em lugares preciosos. Em um dia, deu-se conta de que já tinha a essência do que esperava de seu novo apartamento e que lhe tinha chegado de forma melhor do que ela se imaginava.

Se há algo que desejas e que não tens ainda, explora a essência de tua petição. Tua alma trá-te-á a essência do desejado, ainda que não tenha a forma esperada. Talvez a essência do que queres tenha vindo já e tudo o que tens que fazer é a reconhecer.

Para que tua magnetização tenha sucesso, concentra na criação do que queres e não em como desembaraçares-te de algo que não queres. Muitas pessoas não sabem o que querem e, no entanto, têm uma ideia muito clara do que não querem. Se não sabes o que queres, podes começar considerando as circunstâncias de tua vida que não gostas e pedir o aparecimento de uma circunstância oposta. Pergunta a teus amigos que é o que fá-lhes-ia felizes ou que querem em suas vidas. Surpreender-te-á quanta gente começará descrevendo as condições indesejadas antes que as desejadas. Para a cada situação que não gostas, descreve o mais claramente de possível a condição com a que substituí-la-ias. Proclama o que queres em tempo presente, em forma de afirmação. Em vez de dizer “Não quero ter que lutar para pagar minhas contas”, poderias dizer: ” Pago minhas contas sem problemas a cada mês.”

Outro aspecto importante da magnetização é estar seguro de pedir algo cuja posse te seja possível imaginar. Se queres cem milhões de Reais podes realmente imaginar como é os ter? Talvez cem milhões pareçam-te irreais, sobretudo se não é fácil te imaginar pagando teu aluguel sem problemas e sem atrasos a cada mês. Tua fé nesta possibilidade não seria o suficientemente forte como atrair esta soma de dinheiro dentro de um período de tempo que te permita experimentar o sucesso de tua magnetização.

É melhor começar pedindo aquelas coisas que te podes imaginar tendo. Quando começas com as coisas que acreditas possível criar, experimentas o sucesso de teu magnetismo e teu esforço energético e fortaleces tua fé em tua capacidade de criar o desejado.

Cada novo sucesso acumula-se ao anterior. Teu inconsciente potencializa a fé em tua capacidade de manifestação e, com esta confiança, adquires maior habilidade para criar cada vez mais abundância. Experimentando teus sucessos, desenvolves tua confiança e o conhecimento interno de poder criar inclusive aquelas coisas que pareciam impossíveis quando começaste. É esta sensação interior –o saber que é possível e até provável ter o que desejas– o que é mais importante quando te dispões a atrair coisas em tua vida.

Magnetiza aquelas coisas que realmente desejas, que estás preparado para ter e que te faz ilusão conseguir. Se, quando pensas que queres algo, te dás conta de que não estás realmente preparado para o procurar e o converter em tua meta principal, seria melhor deixar de o desejar e empregar tua energia para conseguir outra coisa, que realmente signifique algo para ti. Se não estás verdadeiramente motivado e claro em tua tentativa de conseguir uma coisa, talvez não possas a atrair para ti.

Magnetiza o que realmente desejas, sem chegar a compromissos. A aquisição de objetos “negociados” raras vezes gera a ilusão suficiente  para te estimular e fazer o necessário para sua realização. Se não te sentes capaz de criar o que desejas, é melhor não o substituir por outra coisa que não te ilusiona nem te motiva realmente.

Muitos têm em mente toda uma lista de coisas que desejam e que não têm ainda. Cada vez que te remetes a esta lista, pensas em todos teus desejos incumpridos e  repetes a ti mesmo que não tens sucesso na criação do desejado.

Faz uma lista de tudo aquilo que queres e explora tua alma. Queres realmente isso? Não se trata de velhas imagens do que achas que deverias querer? Elimina todas as coisas pouco importantes de tua lista mental, até te combinar com umas poucas verdadeiramente significativas que desejes criar.

Estarás motivado para criar as coisas que amas, que te contribuem deleite e não tão só alívio?

Muitos dizem-se “Deveria criar dinheiro para pagar minhas dívidas, arrumar o carro, comprar tal coisa, etc.” Deveria” não te dá a energia emocional suficiente para criar abundância e não provém de teu eu superior. Pensar que as dívidas se “devem” pagar não motiva a maioria das pessoas, salvo se o fato implique verdadeiro prazer, um sentimento de satisfação e bem-estar em vê-las desaparecer. É melhor reconhecer que não desejas realmente algumas das coisas que tens em tua lista, para poder te concentrar naquelas que realmente desejas.

“Como criar dinheiro”,  por Sanaya Roman e Duane Packer. p. 16

2 comentários sobre “Tudo o que crio me satisfaz

  1. Sandra

    Olá. Gosto muito desses post, e quero muito adquirir este livro. Voce sabe como consigo um em Portugues, ja entrei em alguns site de livros e este livro não consta. Grata Sandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s