EXERCÍCIO 4 – Magnetização em grupo

Uma das mais poderosas técnicas de magnetização consiste em reunir-se com outros e enviar energia a cada uma das pessoas para criar o que elas desejam. A energia do grupo multiplica a capacidade de criar dinheiro, objetos, acontecimentos e formas. Um grupo que sustente um pensamento comum, pode fazer que seja realidade com muita mais força que um  indivíduo sozinho.

Preparação:

Este exercício pode empreender em qualquer lugar, inclusive em um lugar público como por exemplo um restaurante. Antes de começar, há que eleger alguém que o coordene. O papel desta pessoa consiste em manter o círculo em movimento e ajudar às demais a aclarar suas ideias a respeito do que desejam.

Passos:

1. O monitor começa explicando ao grupo o seguinte procedimento: Cada pessoa só tem de pedir uma coisa a cada vez. A seguir, o grupo magnetiza o desejo desta pessoa. Poderia seguir um breve comentário de qualquer um que queira o fazer, segundo o tempo que se disponha.

2. A seguir, o monitor pede que todos os participantes se calem e pensem que coisa específica desejam pedir. Quando o grupo estiver preparado, o monitor elege uma pessoa para começar.

3. Enquanto a cada participante explica ao grupo que é o que gostaria que lhe ajudassem a magnetizar, o monitor tenta lhe ajudar a ser o mais explícito de possível, ao mesmo tempo que manter um ritmo suave e fluído. Melhores  resultados obtêm-se das petições específicas, por algo que pareça possível que tenha a pessoa que o deseja. Por exemplo, aquele que pede dinheiro deve ser o mais concreto possível a respeito da quantidade de dinheiro que quer ao mês. Se a petição é vaga, se por exemplo, alguém pede felicidade, o monitor poderia lhe perguntar como saberia que estaria feliz. Isto ajudar-lhe-á a reconhecer o que é que deseja, quando chegue. Se a petição é de algo difícil de visualizar ou se a pessoa não sabe muito bem o que quer, poderia pensar em um símbolo que o represente e no qual todos concentrar-se-iam. O monitor ajudará para que todos sejam breves e concisos; se alguém falar durante demasiado tempo, dissolve-se a energia do grupo.

4. Uma vez formulada uma petição, todos os participantes fecham os olhos e lhe transmitem sua energia. Durante este tempo, a pessoa que tem feito a petição quererá pensar em como o objeto, soma de dinheiro, etc., poderá beneficiar tanto seu próprio bem superior como o dos demais. Enquanto o grupo emite sua energia, a pessoa pensará na essência de sua petição e sentirá a qualidade superior que contribuir-lhe-á – amor, paz, vitalidade ou alegria.

5. Existem infinitas maneiras de transmitir energia a alguém. Utiliza tua imaginação e faz o que te pareça melhor. Seja criativo e imaginativo com tuas imagens. A primeira vez que um grupo pratica este exercício, o monitor lhes pode explicar que a energia se recebe em matéria de segundos. Ele controlará sua emissão. Provavelmente sintas a culminação da energia e seu posterior decrescimento. Isto costuma ocorrer em um espaço de 3 a 5 segundos. Quando a energia começa a decrescer, o monitor põe fim a sua emissão dizendo, talvez, “Obrigado”.

6. Normalmente, as pessoas entusiasmam-se tanto após transmitir energia a alguém que quer falar do que tem visto e das sensações que tiveram depois. Se há tempo, após receber energia a cada pessoa, pode-se dedicar um curto período aos comentários para trocar sensações e experiências. Isto também se pode fazer para o grupo inteiro, quando se tenham magnetizado todas as petições. O monitor controla o tempo dedicado à resposta, para assegurar-se que está conforme com um alto nível energético e um ritmo fluído.

7. Assim que completa-se a petição de um participante, o monitor pede que o seguinte formule a sua. Pode-se percorrer o grupo e magnetizar as petições todas as vezes que se deseje. O monitor assegura-se do alto nível de energia antes de iniciar outro ciclo.

Avaliação:

Ao final de uma sessão de manifestação em grupo, ter-se-á gerado muita energia. Poder-se-ia desejar oferecer à humanidade, aos reinos animal, vegetal e mineral ou ao universo. Só se têm que sentar os participantes tranquilamente juntos e imaginar que dispersam a energia sobrante a todos os reinos e para seu bem. Quanta mais energia emita-se, mais energia será devolvida.

Extraído de “Como criar dinheiro”,  por Sanaya Roman e Duane Packer. p. 28

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s