Tu Tens o que Faz Falta

Podes atrair tua vida ideal com mais rapidez, desenvolvendo as forças e recursos internos que precisarás para a viver com sucesso. Não faz falta correr grandes riscos nem dar passos agigantados, pouco apropriados para ti. Começando com passos pequenos e desenvolvendo teus recursos internos, a cada movimento que faças facilitará teu passo seguinte. Avançando assim, pouco a pouco, verás que teus sonhos estão a teu alcance e que são mais fáceis de realizar do que  pensavas.

Todas as respostas estão dentro de mim: Sigo meu saber interno

A realização da obra de tua vida requererá tua capacidade de escutar tua sabedoria interior e seguí-la. Requererá eleger a ti mesmo e a ninguém mais como a autoridade que versará sobre o que é bom para ti. A criação da obra da tua vida é um processo de autoconhecimento. Consegue-se olhando para dentro em vez de procurar as respostas fora de ti. Muitos acham que os demais têm as respostas, particularmente as referentes a espaços com os que não estão familiarizados. Há momentos em que resulta apropriado escutar uma autoridade externa, como quando se é novo em uma área e faz falta adquirir conhecimentos sobre ela. Mas, uma vez reunidos o saber e o entendimento de outras pessoas, é melhor depender de tua própria sabedoria na hora de tomar decisões. Pode parecer que os demais sabem melhor a direção que deve seguir tua carreira, os investimentos que tens de realizar ou o que serviria melhor a teus interesses, mas a maior autoridade sobre como viver tua vida, és tu.

Para criar a obra de tua vida, terás que aprender a solucionar teus próprios problemas, que poderias chamar de “desafios” ou “oportunidades de crescimento”. Mesmo que não seja ruim procurar conselhos externos, toma as decisões finais em base no que te diz teu coração e segue tua intuição. Realizando a obra de tua vida, estarás a abrir teu caminho dia a dia. Ninguém o vai estruturar nem traçá-lo para ti. Terás a sensação de estar em controle de tua vida e saberás que és dono de teu destino. Dedicando-te à obra de tua vida, dedicas-te a ser o construtor de tua existência. Poderás planejar teu futuro, estando alerta e consciente das oportunidades e sabendo quando atuar e quando não. Podes começar já, por coisas pequenas.

À margem do que faças, pensa em tua vida e procura formas criativas para resolver alguns de teus problemas. Descobre tuas próprias respostas. Desenvolvendo tua capacidade de pensar criativamente, poderás achar maneiras mais eficazes para fazer teu trabalho e ter sucesso. Podes começar desenvolvendo teu pensamento criativo tratando alguns problemas simples, como o modo de resumir o tempo dedicado à cozinha, que te impede de te dedicar a atividades mais prazenteiras. Poderias decidir cozinhar quantidades maiores e congelar o que não precisas para as comidas imediatas.

Pensando em como aumentar a harmonia e fluidez de tua vida nestes pequenos problemas, estarás a desenvolver tua capacidade de resolver teus problemas criativamente. Quando encontrares dificuldades em teu caminho, já terás as aptidões necessárias para as enfrentar e as solucionar criativamente. Sê imaginativo; em vez de tolerar situações más, procura o modo de melhorá-las.

Sou uma pessoa valiosa, meu caminho é importante

Alguns encontram dificuldades na hora de realizar a obra de sua vida, porque estão demasiado ocupados apoiando ao trabalho e a obra dos demais. Deixam de lado sua própria obra até que a pessoa a que ajudam tenha sucesso. A ajuda aos demais para que projetem seu trabalho ao mundo e a colaboração em equipe podem ser muito importantes. Saberás se isto constitui a obra de tua vida porque sentir-te-ás alegre e realizado o fazendo. Se ajudas aos demais por obrigação e não por prazer, considera se isto é realmente o que desejas fazer.

Outros apoiam aos demais porque pensam que seu próprio caminho, ideias ou criatividade não são suficientemente importantes. A obra de tua vida é tão valiosa como a de qualquer outro, ainda que não pareça significativa. Ainda que outras pessoas tenham trabalhos mais luxuosos, ganhem mais dinheiro ou consigam audiências mais extensas, isto não faz de seu caminho mais nem menos importante que o teu. O que tens que fazer neste mundo é tão significativo como qualquer outra contribuição, seja criar a teus filhos como melhor o saibas fazer, realizar bem teu trabalho ou ajudar e curar aos demais.

Concentra por um momento e pergunta a essa parte de ti que ajuda aos demais se estaria disposta a dedicar suas energias em ajudar a ti a descobrir e realizar a obra de tua própria vida. Normalmente, ficará encantada que lhe peças isso.

Valorizo meu tempo e energia

Alguns precisam desenvolver sua capacidade de fazer honra a seu tempo e energia. Poderias ser um conselheiro, maestro ou terapeuta natural e dedicar mais tempo do que quisesses em ajudar a teus amigos ou tua família para resolver seus problemas. Poder-te-iam ocupar horas em pessoa ou por telefone, procurando teu amor e consolo. E tu sentir-te-ias tentado a lhes indicar o que devem fazer e até a fazê-lo por eles. Está bem dedicar teu tempo ao cuidado dos demais se realmente te contribui alegria, porque poderia ser esta a obra de tua vida. No entanto, muitos fazem-no por obrigação, não por prazer. O emprego do tempo e a energia na própria vida faz-lhes sentir-se egoístas. Mas teu caminho é importante e só pode se realizar com a dedicação deste tempo e energia.

Pensa nos amigos aos que dedicas muita energia. Estão realmente evoluindo e fazendo uso de tua ajuda ou ficam estáticos? Sentes-te esgotado ou renovado após ajudar-lhes? Se sentes-te esgotado, se não têm feito mudanças verdadeiras em suas vidas, não usam tua energia para evoluir. Se dedicas toda teu tempo a aconselhar e ajudar a teus amigos, talvez a obra de tua vida consista em aconselhar. Podes explorar os meios para fazê-lo como parte de teu trabalho. Quando o faças, estarás a contatar com pessoas que irão a ti porque estão prontas para evoluir. Tu sentir-te-ás renovado  as ajudando e tua ajuda jogará um grande papel em suas vidas.

Meu caminho e a obra de minha vida são minhas grandes prioridades

Muitos acabam realizando tantas tarefas menores, que não têm tempo para a obra de sua vida; confundem a ocupação com a realização de seu propósito ulterior. Pode ter montões de tarefas por fazer e tu correndo e te esforçando em todo momento. Se queres empreender a obra de tua vida, precisas tempo para começá-la. Alguns dizem “Farei as coisas importantes quando tiver acabado todos os recados, trabalhos de casa, etc.”. Quando acaba o dia, estão demasiado cansados ou não lhes fica tempo para as fazer.

Dedica às atividades que te acercam à obra de tua vida a primeira hora do dia ou tão cedo quanto te seja possível. Acordando-te, pensa durante cinco minutos em teu caminho superior. Pergunta-te “Há alguma ação que posso realizar hoje para me acercar um pouco da obra de minha vida?” ou “Qual é a ação mais importante que posso empreender hoje?” Que seja ela tua prioridade; fá-la antes de qualquer outra coisa. Pode tratar-se de algo tão singelo como ativar o símbolo da obra de tua vida, fazer um telefonema, comprar um livro sobre um tema que te interessa ou criar um espaço em tua casa onde realizar determinada atividade. Surpreender-te-á a forma como mudará tua vida se a primeira coisa que pensares e praticares a cada dia tiver a ver com a realização de teus sonhos.

Um princípio muito importante quanto à obra de tua vida é a eleição do momento. Talvez tenhas ouvido a expressão “chegou a hora”. Começa a afirmar agora mesmo que estarás no lugar adequado no momento adequado. Guarda o pensamento em tua mente e confia que teus sentimentos de alegria ou resistência ajudar-te-ão a criar esta realidade.

Uma mulher, por exemplo, esforçava-se por escrever um livro. Obrigava-se a escrever uma ou duas horas ao dia. Simplesmente não lhe ocorria nenhuma ideia e, finalmente, deixou de tentar fazê-lo. Decorreram dois anos durante os quais fez tentativas esporádicos de escrever mas sem conseguir nunca se centrar nisso. Não fazia mais do que culpar a si mesma, dizendo a si que era uma falha e que não tinha a disciplina necessária para escrever.

Seu trabalho punha-a em contato com pessoas doentes e começou a trabalhar com elas, lhes ensinando os princípios espirituais que conhecia. Muitas começaram a sentir-se melhor ou encontrar a paz interior que procuravam. Cada vez tinha mais pessoas que iam lhe ver e decidiu dar aulas. Gravou suas falas em uma fita  e já que a demanda de seus ensinos era grande, transcreveu as fitas, encadernou suas transcrições e distribuiu-as entre seus alunos para que as utilizassem como guia. Eles as ensinaram a mais pessoas interessadas e se encontrou fazendo constantemente mais cópias para satisfazer sua demanda.

Um dia, chamou-lhe o editor de uma grande editora de livros. Um amigo tinha-lhe mostrado seu manuscrito e ele desejava publicá-lo. Resultou que este tema era muito popular naquele momento e o livro foi um sucesso. Recordando suas antigas tentativas de escrever, deu-se conta de que lhe tinha feito falta evoluir e aprender muito antes de escrever seu livro. Também viu que o momento não tinha sido o adequado; se tivesse podido publicar de alguma maneira seu livro anterior, o sucesso teria sido inferior.

Se encontras-te trabalhando em um projeto, recorda que teu guia superior te ajuda sempre a concluí-lo no momento adequado. Se, fazendo o que puderes os teus esforços encontram resistência, será um projeto inadequado ou um momento pouco propício. Talvez faça falta que te dediques a algo diferente, para voltar a este projeto mais adiante. Aplica tuas energias a outro  campo e segue o caminho de tua alegria.

Talvez faça meses que desejas uma mudança, mas não sabes que fazer ou achas que não tens a possibilidade de abandonar tua situação atual. Ou talvez saibas o que queres, mas pensas que custará muito dinheiro ou exigirá que faças algo que trascende tua capacidade e recursos. Sê amável contigo mesmo se ainda não tiveres atuado. Recorda que há um período de elaboração interna antes que se produzam as mudanças. Talvez estejas a adaptar tua forma de pensar, revalorizando tua vida, observando as coisas sob uma nova perspectiva e reunindo a energia necessária para a mudança. Quanto maiores forem as mudanças externas que desejas introduzir, maiores serão as mudanças internas que devem lhes preceder.

Como Criar Dinheiro, p. 61.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s