Sempre dou o melhor de mim

Muitos preferem trocar serviços em vez de cobrar dinheiro. Uma vez tendo decidido por este tipo de intercâmbio, terás que aclarar teus desejos. O dinheiro foi criado para que ambas as partes implicadas pudessem lembrar um intercâmbio equitativo. Ser-te-á mais fácil receber dinheiro por teus serviços do que os serviços de outra pessoa. As trocas requerem amor, a vontade de que ambas partes saiam ganhando e um autêntico desejo de oferecer, para que não se interrompa o fluxo da energia.

Se trocas diretamente bens ou serviços com outras pessoas, deves encontrar o modo de estabelecer um acordo válido para os dois, para criar um fluxo de energia afetuosa e cristalina. Se os serviços da outra parte não te são úteis, é melhor dizer “não” do que aceitar um presente com ressentimento ou sentindo que o intercâmbio é desigual.

Se aceitas a troca, fá-lo sem reservas, dá o melhor de ti e ama o que recebes em contrapartida. Se depois achares que o intercâmbio não tem sido justo, envia teu amor e agradecimiento à outra pessoa e saiba que, fazendo o melhor que tens podido, tens mantido a energia em circulação. Ser-te-á devolvida de outra fonte, se não da pessoa que a recebeu de ti. Assegura na medida do possível de que ambos saiam beneficiados e fortalecidos pelo intercâmbio e a integridade de tua intenção multiplicará por muito tua abundância.

 Como Criar Dinheiro, p. 79

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s