Alegria e Reconhecimento

O dinheiro magnetiza, flui e circula.

Quanto mais fluir e circular, mais rica será a sociedade. Não “crias” dinheiro trazendo-o em tua vida, mas aproveitas-te de um fluxo já existente. Quando crias tua fortuna, não a tiras de ninguém mais; passas a fazer parte do fluxo do dinheiro. Deixa que circule através de ti. Recorda que, quanto mais dinheiro circular, mais ricos serão todos,  do mesmo modo que quanto mais girar o inventário, mais próspera será a loja.

A prosperidade chega quando o dar e receber fluem livremente.

Todo o dinheiro que gasto enriquece à sociedade e me é devolvido multiplicado

Quando crias dinheiro, também o gastas. Compras produtos, serviços, alimentos e coisas que te alegram. Quanto mais circular teu dinheiro, mais contribuirás para o bem-estar de tua comunidade. Quanto melhor te sentires por gastar teu dinheiro, mais magnético serás a respeito a dele. Na hora de pagar tuas contas, faça-o com bons sentimentos de generosidade. Cada vez que pagas uma conta, fazes uma contribuição ao círculo monetário, ou seja, enriqueces a sociedade.

Imagina que existem muitas correntes que se dirigem para ti vindas do universo e que cada uma delas te oferece um modo de ganhar dinheiro. Cada vez que tens dúvidas, cada vez que te desagrada pagar uma fatura, cada vez que não crês em tua prosperidade, fechas uma destas correntes.

Cada vez que te desprendes de dinheiro com amor e alegria, abres um novo caminho para que o universo te envie dinheiro. A próxima vez que pagares uma fatura, imagina que a quantidade te será devolvida, multiplicada por dez, pelo menos. Visualiza como teu dinheiro contribui para a prosperidade da pessoa ou instituição à que pagaste.

 Todo o dinheiro que gasto e ganho me dá alegria

A alegria é importante para aumentar tua prosperidade. Aprende a gastar dinheiro, ainda que seja pouco, em coisas que te alegram. Quando dispores de somas superiores, saberás gastá-las também com alegria. Queres que o dinheiro te faça sentir alegre e feliz. Se não sabes como gastar uns tantos Reais de maneira que contribua para a tua felicidade, ser-te-á difícil aumentá-los, gastando centenas de milhares.

Começa a permitir já que o dinheiro dê-te alegria e na medida em que tenhas mais, sentir-te-ás mais e mais alegre.

Pensa em uma pequena quantidade de dinheiro que poderias gastar agora mesmo de maneira diferente do que as habituais. Só a título de divertimento, pensa em ao menos cinco coisas nas quais poderias investir este dinheiro, coisas que dar-te-iam alegria. Podem ser tão extravagantes e pouco práticas como tu queiras. Sê inventivo.

Uma pessoa pensou em comprar muitas velas pequenas para colocá-las por toda sua casa, acendendo-as para uma meditação especial.

Outra pensou em colocar bilhetes pequenos nos limpadores de parabrisas de carros velhos, dizendo a seus donos quanto lhes apreciava. Elege uma de tuas ideias alegres e gasta dinheiro nela ao longo da semana.

Se gastas dinheiro sem amor nem alegria, por obrigação e com ressentimento, preocupação ou a sensação de que o que compras é muito caro para ti, manter-te-ás fora do fluxo monetário.

Observa teu modo de gastar dinheiro e anota como te sentes quando o fazes. Anota quando sentes alegria e quando não. Há algo no que invistas dinheiro agora por obrigação e sem alegria? Não te critiques se descobres que assim é; simplesmente centra em tuas despesas alegres. Na medida em que gastares  cada vez mais dinheiro em coisas que te alegram, serão menos as ocasiões em que terás de gastá-lo por obrigação.

Tudo o que compras envia uma mensagem a teu inconsciente, lhe dizendo o que achas que mereces ter. Compra aquilo que realmente desejas. Compra um vestido caro que te faça sentir muito bem, antes que vários mais baratos que, na realidade, não gostes. Isto dirá a teu inconsciente que podes ter o que desejas e este sairá imediatamente à procura de mais.

Em vez de pensar em quanto dinheiro podes poupar comprando algo que te é indiferente, compra aquilo que te proporcionará muitos momentos de prazer para o corpo, a mente e as emoções. Naturalmente, se podes comprar algo mais barato e que gostas igual, o faz – não é o preço o importante, mas teu agrado com os objetos comprados.

Após adquirir algo importante para ti, desfruta-o. Brinca com ele como um menino que acaba de receber o presente especial que tinha  esperado. Aprecia o que tens; familiariza-te com isso; harmoniza-te com isso; aprende mais sobre ele. Faça isso durante um dia, uma semana ou em um mês, até que tenhas estabelecido uma relação completa com isso e lhe tenhas depositado tua energia. A harmonização de tua energia com as coisas novas completa tua relação com o que compras e te ajuda a te sentir mais satisfeito com isso.

Rodeio-me de coisas que refletem minha energia e vitalidade

Os objetos possuem energia. Tu a percebes em um nível muito sutil, de modo que te rodeia de coisas que amas e com as que te sentes ligado. Os objetos quebrados ou inúteis desordenam tua energia; seria sensato manter em bom estado as coisas que te rodeiam, para que tenha ordem e harmonia ao teu redor.

Uma mulher decidiu vender muitos objetos usados que ela e seu marido tinham acumulado ao longo dos anos. Revisou todos os objetos de sua casa e ficou só com aqueles com os quais tinha uma relação completa, coisas que apreciava, das quais desfrutava e que utilizava. Finalizada a venda de suas posses, sentia-se mais leve e viva do que nunca. Tinha tirado de suas costas um peso, um peso energético. Tinha mais energia e sentia-se mais positiva que nunca.

Mantém a teu ao redor só as coisas que aprecias e valorizas e elas devolver-te-ão sua energia superior.

Observa tua casa por um momento.

Tens objetos que já não te servem? Elege um e te desprende dele – dá a um amigo, o recicla ou o vende.

Acabas de criar um espaço que será ocupado por algo ainda melhor.

Como Criar Dinheiro, p. 79.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s