Um Acordo de Almas

 

Para o nosso amigo Wesley Galiotti, que passou para o “andar de cima”….Obrigada, meu querido, por tudo que você é!

 

Com cada pessoa que faz  parte de nossa vida estabelecemos um acordo de almas. Isso significa que há muito tempo atrás, no reino das almas, prometemos ter um encontro especial, compartilhar a vida, modelar a experiência, completar outra alma ao unirmo-nos com ela nesta vida terrena.

Os acordos entre as almas são compromissos para o crescimento de uma alma em conjunção com outra. Desta forma, empreendemos uma viagem rumo ao estado de consciência e abertura total que os místicos denominam “iluminação”.

Esses compromissos são o motivo pelo qual, em certas ocasiões, sentimos uma estranha conexão com outra pessoa; outras vezes não entendemos que alguém com um caráter tão difícil seja parte de nossa vida, ou nos perguntamos simplemente por quê percorremos a vida junto a alguém, como se existisse um acordo tácito que, por sua vez, pudesse terminar-se abruptamente.

Como membros desta comunidade de almas reunidas na vida sobre a Terra,  fizemos um acordo de não só recordar aos outros sobre o seu estado puro original, mas também de realizar todo o  possível dentro da existência humana, infinitamente mutante, para assegurar o crescimento de nossa própria alma e as dos demais.

Algumas pessoas vêm ao mundo para ser belas e fortes, outras para ser complicadas ou raras; algumas para morrer  jovens e ensinar-nos através da desolação de tão terrível perda; outras, para viver muitos anos e instruir-nos mediante sua sabedoria. No entanto, não importa qual seja o nosso caso: todos fazemos parte deste grande destino espiritual que principalmente consiste em recordarmo-nos de nossa essência eterna e dirigir nossos atos até a união final.

E é por isso que cada pessoa que conhecemos, em situações boas ou terríveis, breves ou duradouras e cada relação da qual fazemos parte representam uma pequena cena no eterno conjunto humano, cujo fim é o desenvolvimento da alma.

Ao afirmar isso, algumas pessoas poderão surpreender-se e compreender que cada pessoa presente em nossa vida tem um importante propósito : o de entrar em contato com nossa alma e fazê-la crescer; que cada relação existe para aguçar a consciência de nossa alma.

Assim, ninguém se tornará mais estranho para nós, nenhuma relação poderá ser mais vista como um erro ou um fracasso.

À  luz do espírito, compreendemos que estamos cumprindo com o nosso papel, a fim de realizar um plano perfeito e eterno.
Fonte: La Comunidad. El País.
Tradução minha, Flavia Criss em 07 de Julho/2011.
Meus agradecimentos a Claudia Giovani, nossa querida “Maestra”, que descobriu esse texto no momento perfeito.
Este Post é dedicado a você, querido Wesley, nosso amigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s