Tudo o que dou aos demais, é um presente para mim mesmo

O dar faz parte importante do receber.

O modo que eleges para dar aos demais, será o modo que o universo te dará as coisas. Dando dinheiro ou outras coisas aos demais, em realidade estás a dar-te um presente porque crias um fluxo de energia em tua vida e quanto mais energia circula, mais rico serás.

Tinha um homem que gostava de  jogar “cara ou coroa” nas ruas, ali onde meninos pequenos pudessem encontrar as moedas. Sabia que pensariam que era seu dia de sorte, que o dinheiro lhes tinha caído do céu. Mais adiante, dedicou-se à venda de terrenos. Quando precisou investimentos para seus projetos, o dinheiro chegou facilmente, “caído do céu”, como por passe de mágica.

É lei do universo que quem algo quer, algo tem que dar.

Se há algo que desejas, podes te perguntar a ti mesmo “Que devo dar para o conseguir?” Tudo tem seu preço. Se trata-se de dinheiro, seu preço pode ser um ato, uma atitude adequada ou um plano. Sempre há algo que podes fazer para conseguir o que queres. Se queres dinheiro, deverás dar aquelas coisas que irão trazê-lo a ti. Estas incluem teu talento, tuas habilidades, teu tempo e tua energia.

 

Se sentes que falta abundância em tua vida, pensa em alguém a quem possas oferecer algo. Um oferecimento a pessoas que o apreciem e podem fazer uso de tuas habilidades, gerar-te-á sentimentos maravilhosos. Dando, afirmas tua abundância e sentes-te próspero. Dando, fazes-te forte. Pensa em que poderias dar a alguém para lhe ajudar. Decide fazê-lo e verás que o universo também te dará.

 

Cada coisa que presenteio, serve e fortalece aos demais

 

Ainda que desejes dar às pessoas de forma livre e generosa, também tens de lhes dar de maneira que sirva realmente a seu bem superior. Quando lhes ofereces dinheiro, deixa claro que o fazes para criar prosperidade e não para lhes tirar de um aperto. Peça às pessoas que empregarão teu dinheiro ou presentes para introduzirem mudanças positivas em suas vidas. Quando vês alguém que traça um plano concreto de coração e está disposto a realizá-lo, este é o momento de lhe apoiar. Tua oferta tem de ajudar as pessoas a atingir seu caminho e propósito superior.

 

Se ajudas as pessoas que precisam de ajuda constantemente, que sempre criam novas carências, tua oferta pode não fazer mais do que as tirar de um aperto e impedir que ponham suas vidas em ordem. As carências criam-se para aprender certas lições. Se dás dinheiro ou outro tipo de ajuda a pessoas e vês que suas vidas não melhoram, talvez não seja o momento de voltar a propor-lhes tua ajuda. Podes estar privando-as do desenvolvimento que ganhariam com a experiência de sua carência.

Pode ter havido um momento em que alguém aparentemente desesperado te pediu dinheiro e tu disseste que não. Depois, esta pessoa conseguiu um trabalho ou que sua vida melhorasse. Em muitas ocasiões, as pessoas criam a sensação de carência ou escassez em suas vidas para sentirem-se motivadas e poderem mudar as coisas. Salvando-as de suas crises, poderias criar dependências e ver que repetem a mesma situação uma e outra vez.

 

Normalmente, ajudando-lhes a entrar em contato com sua força interna ou ensinando-lhes técnicas para resolver seus problemas, ajudarás mais do que lhes dando dinheiro. Ajuda-lhes a descobrir como solucionar seus problemas. Assim serão mais fortes e controlarão suas vidas melhor. Serão fortalecidas ensinando-lhes um novo método, habilidade ou ferramenta que poderão utilizar o resto de suas vidas.

Se conheces uma pessoas com necessidades econômicas e sentes-te obrigado a ajudar-lhes, recorda que estás a afirmar sua debilidade. Em seu interior, têm a mesma capacidade de criar abundância que tu. Ajuda-lhes a descobrir esta capacidade e ter-lhes-ás dado um dos maiores presentes possíveis, a autosuficiência. Claro que há pessoas para as quais uma comida, um lugar onde dormir ou roupa para levar não é “lhes salvar” senão lhes dar a ajuda que precisam em um momento crítico, para que possam seguir evoluindo. Tua intuição dizer-te-á a diferença; se fortaleces realmente as pessoas, sentir-te-ás alegre com tua oferta.

Como Criar Dinheiro, p. 82

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s