Tudo o que dou aos demais, reconhece e honra o seu valor

Oferece o que te dá prazer; não dês dinheiro se te sentes obrigado ou forçado a isso. Este tipo de sentimentos é sinal de que tua oferta não serve ao bem superior da outra pessoa.

Há pais que se sentem obrigados a continuar ajudando seus filhos, inclusive quando são maiores e poderiam ser independentes. Chega um momento quando se tem que negar a solicitação de ajuda econômica; teu “não” estaria carregado com mais amor do que qualquer “sim” ressentido.

Um homem tinha um irmão que nunca podia pagar seu aluguel. Sempre lhe dava dinheiro para isso mas a situação não mudava. Finalmente, negou-se a dar-lhe mais dinheiro, sabendo que ele tinha que aprender a resolver seus problemas básicos. Deu-se conta de que o dinheiro que lhe dava não lhe ensinava a cuidar de si mesmo. Falou com ele para lhe ajudar a descobrir que trabalho gostaria de fazer e lhe trouxe livros sobre como encontrar um novo emprego. Pouco depois, o irmão encontrou um trabalho que lhe permitia pagar seu aluguel. Começou a dar aulas noturnas para aprender a manejar computadores, já que tinha descoberto que lhe encantava trabalhar com eles. A instituição não dispunha de computadores suficientes para que pudesse praticar tudo o que queria e então ele perguntou a seu irmão se lhe emprestaria o dinheiro para comprar um. O homem aceitou, porque o computador faria seu irmão mais próspero. Mais adiante, o irmão abriu sua própria empresa de informática e teve bastante sucesso.

Lembre-se de dar aos demais o que eles desejam receber. Não todos os presentes são apropriados. Um animal doméstico presenteado a um menino, poderia requerer muitos cuidados e a atenção de um adulto que não tem tempo para isso. Assegura-te de que teu presente tem forma aceitável para o recebedor e que é algo que realmente poderá utilizar. Dá livremente, mas aquelas coisas que serão úteis para a pessoa que as recebe.

Sou generoso comigo mesmo

Para manter o fluxo da abundância, é importante aprender a dar a ti mesmo. Se não podes fazê-lo agora, irá se criar um bloqueio na corrente e eventualmente, irás notá-lo. Os terapeutas, por exemplo, podem esgotar-se se sempre derem aos demais e não forem capazes de dar a si mesmos o tempo necessário para se sentir aliviados e recarregar suas energias. Começam a sentir carências e terão que investir quantidades extraordinárias de tempo e energia. Ou sentirão esgotamento devido ao trabalho e perderão o entusiasmo por ele.

Com freqüência, quando uma pessoa dá, não é completamente consciente do que tem dado. Faça teu oferecimento sem reservas. Se deres um presente, desprende-te dele. Quando te sentes apegado ao que ofereces, bloqueias a entrada de abundância em tua própria vida. Se dás tua roupa velha pensando que ainda poderia ser-lhe útil e desejando que não tivesses que te desprender dela, estarás a bloquear a chegada de roupa nova já que, em realidade, continuas com a velha. Sempre que ofereceres algo, tenta o dar livremente porque assim atrairás mais dinheiro.

O dinheiro chega quando pensares mais no que ofereces ao mundo do que no que teu trabalho poderá te contribuir. Tua vontade de dar o melhor de ti é o maior presente que podes fazer a teu chefe ou a teus clientes. Trabalha com um espírito de cooperação e amor. Tua disposição de desenvolver teu trabalho com energia e dedicação te fará ganhar mais dinheiro do que os esquivos, do que não crer no que fazes ou do que resistires a trabalhar ou fazeres o mínimo para ir embora.

Um artista estava preocupado por não poder ganhar com sua arte dinheiro suficiente para se manter. Julgava todas as oportunidades que se apresentavam pelo dinheiro que iriam lhe contribuir ou que iriam lhe custar. Recusou várias ofertas que lhe pareciam interessantes, mas não resultavam dinheiro suficiente. Sempre lhe faltava dinheiro. Um amigo seu, por outro lado, também artista, fazia tudo o que podia para ser melhor em sua arte. Dava aulas, seguia seus impulsos e dava o melhor de si. Em vez de prestar atenção ao dinheiro que ganhava com suas atividades, perguntava “Como posso servir melhor às pessoas que vêm para ver meu trabalho? Que lhes posso dar? Como gostaria de aproveitar esta oportunidade? Que posso fazer para ser um melhor artista?”

Eventualmente, seu trabalho fez-se famoso e ganhava bastante dinheiro. Seu amigo, que sempre pensava no dinheiro e não em servir às pessoas, seguiu ganhando pouco e seu trabalho permaneceu desconhecido.

Valoriza tuas oportunidades tendo em conta se contribuem com algo aos demais, se fazem parte de teu caminho e se te dão alegria. Criarás dinheiro quando empregares teus talentos e aptidões especiais e quando deres o melhor de ti em tudo o que fizeres.

Com tudo o que digo e faço, sirvo aos demais da melhor forma que posso

As vidas das pessoas que ajudam aos demais como melhor podem estão cheias de alegria e abundância.

Servir significa “pôr-se no lugar do outro e dar-lhe o máximo que puderes”, seja um cliente, um chefe, um colega de trabalho, um amigo ou uma pessoa amada.

Quando mostras teu lado melhor ao mundo e atuas segundo o nível mais elevado de tua integridade, prestas serviço aos demais. Não faz mal que sejas um líder, nem uma pessoa famosa para fazer uma importante contribuição à humanidade. Se fazes teu trabalho com boa vontade e amor, estás a fazer a mais valiosa contribuição possível, pois acrescentas luz a este mundo.

As vendas de um comerciante começaram a descer e ele não entendia porquê. Ainda gostava do que fazia, acreditava no produto que vendia e estava seguro de cumprir seu propósito superior. Um dia, falando com um amigo, deu-se conta de que já não se importava tanto com o servir e oferecer às pessoas, mas pensava em termos do que elas poderiam oferecer a ele. Não lhes via como pessoas, mas como números que punham dinheiro em seu bolso. Tinha absorvido tanto o fato de ganhar dinheiro que se esqueceu que seu trabalho era prestar um serviço. Mudou de atitude e tentou servir melhor a cada cliente, independentemente de vender algo ou não. Dedicava tempo para conhecer seus clientes, saber de suas necessidades e tentar ajudar-lhes sinceramente. Dava seu amor, tempo e energia sem reservas. Suas vendas aumentaram de modo espetacular.

Quanto mais pensares em servir aos demais, mais importante e satisfatório será teu trabalho. Centrando-te em como iluminar e alegrar aos demais, verás que tua própria vida será iluminada e alegre.

O serviço consiste em dar aos demais o melhor de ti. Significa que fazes teu trabalho com eficiência e consideração. Implica trabalhar com uma atitude alegre, harmoniosa e cooperativa. Este serviço sempre será devolvido em forma de prosperidade multiplicada.

O melhor presente que podes dar os demais é o exemplo de teu próprio trabalho.

Como Criar Dinheiro, p. 83.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s