Sou economicamente livre e independente

Muitos desejariam estar livres para fazer o que quisessem a cada dia, sem necessidade de se preocuparem com dinheiro. Querem liberdade econômica.

Existem várias maneiras para criar esta realidade. Uma delas consiste em conseguir que tuas ocupações favoritas sejam remuneradas, convertendo tuas paixões em fonte de prosperidade. Também podes desenvolver cada vez mais tua capacidade de atrair para ti o que desejas no momento em que o desejares. Outra maneira é ter dinheiro suficiente para poder viver de renda. Qualquer método é bom; decide qual deles satisfará a essência do que desejas e começa a desenvolver as aptidões necessárias para o criar.

Enquanto aprendes estas aptidões, uma conta de poupanças ajudar-te-á a familiarizar-te com a energia do maior fluxo econômico e com a abundância que persegues. Ajudar-te-á a acumular bastante energia como para fazer uma grande mudança em tua vida ou comprar algo extraordinário que consideras realmente importante.

 

Se não crês em tua possibilidade de ter um excedente, se te sentes pobre, esta será a realidade que criarás independentemente do dinheiro que tiveres. Começa por achar que mereces a abundância e usa tuas poupanças como afirmação de que existe mais abundância para ti da que precisas neste momento. Quando pensares no dinheiro poupado, pensa em como irá utilizá-lo. Isso te ajudará a atrair mais dinheiro para tuas poupanças.

 

Pensa quanto dinheiro gostarias de ter em tua conta de poupanças; imagina-o o mais vividamente possível. Imagina o balanço que gostarias que figurasse em tua conta. Visualiza a ti mesmo depositando mais dinheiro em tua conta. Sinta a alegria que experimentarás quando olhares teu balanço. Não penses que estás a poupar para um possível desastre ou calamidade; se fizeres isso, irás criar emergências que requererão tuas poupanças. Pensa em tuas poupanças como uma conta de fortuna. Considere-os como dinheiro que te ensina a tratar com um fluxo de prosperidade a cada vez maior.

 

Todo meu dinheiro é energia que espera minha ordem para criar o bem em minha vida.

 

Assegura-te de que, quando sacares dinheiro de tuas poupanças, o gastes em algo especial, algo que desejas muito. Isto carregará teu dinheiro de vitalidade e o fará ainda mais magnético. Pergunta “Como posso utilizar minhas poupanças para servir meu propósito superior?”

 

Um dos melhores usos que podes fazer de tuas poupanças é para realizar a obra de tua vida. Descobrirás que os que se fazem ricos investem seus excedentes econômicos em seus sonhos, nas coisas que lhes aprazem antes que em áreas pouco conhecidas. Investe teu dinheiro naquelas coisas que irão te ajudar a projetar teu trabalho na sociedade, sejam livros ou classes, equipamento, a roupa adequada para tua atividade ou a remodelagem de tua casa para abrir um espaço para teu despacho ou lugar de trabalho. Empregando teu dinheiro para criar a obra de tua vida, atrairás ainda mais. Se já tens o que precisas para isso, talvez seja melhor poupar dinheiro até que apareça um uso apropriado para ele.

 

Quando criares um excedente de dinheiro, terá muitas maneiras de o conservar. Poderás mantê-lo líquido e imediatamente acessível em uma conta de poupanças ou investí-lo. Se pensares em investir, pergunta “Faz parte do caminho de minha vida e do melhor emprego de meu tempo navegar as correntes deste investimento particular?” As poupanças  implicam menor desgaste de tempo e energia e menos necessidade de vigilância e cuidado.

 

O investimento de teu dinheiro implicará a necessidade de controle. Serão necessárias determinadas habilidades. Precisarás conhecer melhor o funcionamento da conta, reunir informação, estabelecer contatos e seguir as notícias. Decide como queres empregar teu tempo. Se pensas investir em bens imóveis, terás que aprender que tipo de propriedades constituiria um bom investimento.

 

Não delegues tuas decisões financeiras a outras pessoas, sobretudo se não crêem na tua prosperidade. Se confias a responsabilidade de teu dinheiro a outros, te assegura de que sabem o que fazem e que tu podes seguir e valorizar sua atuação sob teus próprios critérios.

 

É teu dinheiro, tua energia que está a ser investida e deves manter certa vigilância para que teus investimentos continuem ligados à tua energia. Teu modo de investir teu dinheiro dependerá de quem és, do que gostas de fazer e como preferes empregar teu tempo.

 

Todo meu dinheiro existe para que seja maior minha abundância, minha alegria e minha vitalidade

 

Faças o que faças com teu dinheiro, esteja informado do que se faz com ele e o controla com frequência. Não fiques na ignorância de onde está sendo investido. Não é bom que teu dinheiro seja investido em coisas que não se harmonizam com tua energia. Se abres uma conta de poupanças ou investes em um projeto, assegura-te de que as pessoas que o manejam tenham um bom currículo de trabalho e que conheça os princípios espirituais e humanos do dinheiro. As pessoas que carecem deste conhecimento não poderão fazer bons investimentos para ti, por mais interessantes que sejam suas ideias. Assegura-te de que os pensamentos e crenças de tais pessoas estejam mais próximas possível das tuas.

Tratam-te bem em teu banco? Parece-te adequada a energia que percebes ali? Têm as pessoas que tratam teus investimentos princípios similares de integridade e uma filosofia afim à tua -conseguir que todos saiam ganhando, por exemplo? Tudo isso é importante se queres obter um bom rendimento.

 

Se dedicas muito tempo ao controle de teus investimentos, assegura-te de que esta é tua maior alegria e a obra de tua vida. Seria melhor depositar tuas poupanças em um lugar seguro e que não requeira muito de tua energia, e dedica teu tempo e teu dinheiro à obra de tua vida.

Em última instância, o tempo e o dinheiro investidos na obra de tua vida render-te-ão bem mais. Procura um equilíbrio entre a energia empregada em teus investimentos, que tem de ser suficiente para que estas a reflitam, e o tempo dedicado à obra de tua vida e tua contribuição à humanidade. Pensa em como gostarias de ser dentro de cinco ou dez anos e investe teu dinheiro de maneira que faça parte de teu plano de chegar a sê-lo.

 

Se preferires investir em negócios alheios ou financiar a obra da vida de outras pessoas, tem em conta que isto é um negócio em si. São muitos os que chegaram a este nível de abundância para descobrir que a correta valoração dos projetos alheios pode se converter em um empreendimento completo. Talvez seja esta a obra de tua vida. É melhor investir em projetos próximos a tua forma de ser do que em outros que não compreendes.

Investe teu dinheiro em coisas que conheces – teu próprio negócio ou área de conhecimentos. Quanto mais em contato estejas com as ideias que servem a teu dinheiro, melhor.

Na medida em que te faças economicamente mais independente, teu maior desafio será encontrar o melhor uso para teu dinheiro e meios de investimento que gerem maiores mudanças e bem-estar para o mundo. Tens muito para escolher. Existem muitos investimentos bons que honram a terra, ajudam a humanidade e empregam teu dinheiro para o bem. Examina cada investimento sob a luz de tua alma, não só para determinar seu possível rendimento, mas também para valorizar sua capacidade de iluminar mais a humanidade e ao planeta. Assegura-te de saber para que irá ser utilizado teu dinheiro e de forma que tu também creias nisso. Se não aparecem projetos adequados para investir, continue guardando teu dinheiro em um lugar que te convença até que surja a oportunidade que esperas.

Como Criar Dinheiro, p. 93

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s