Alguns Conceitos Basharianos:Suportes Neutros

Em um grande teatro em que são apresentadas inúmeras peças, sempre existem alguns suportes que apoiam os cenários nos bastidores que são muito usados em várias peças diferentes.

Para cada uma das peças, aqueles suportes têm uma função ou um significado específico, por exemplo: para segurar uma árvore…para segurar uma cerca, ou uma porta…Porém, fora da peça, os suportes não têm em si mesmos nenhum significado intrínseco, inato ou pré-concebido.

Qualquer suporte não guarda nenhum significado em si mesmo. E é a partir dessa “falta de sentido” intríseco dos suportes  que podemos atribuir-lhes qualquer significado que desejemos.

Por exemplo, todos os eventos que  estiverem experienciando como “situações” em sua vida são como esses “suportes neutros”.

Todo evento que experienciarem não guardam nenhum significado inato ou intrínseco em si.

Tais eventos são neutros, como uma folha em branco…não têm nenhum significado em si mesmos. E deste quadro em branco, nós assinalamos qualquer significado ou sentido que desejarmos para qualquer situação que experienciarmos.
Normalmente, nós atribuímos e projetamos um significado a uma situação neutra tão rapidamente  e tão automaticamente que nem nos damos conta de que o estamos fazendo.
Achamos que a “interpretação” ou o “significado” estão embutidos naquela situação e nos esquecemos totalmente do fato de que somos nós mesmos que atribuímos tal significado à situação que é, na verdade, “neutra” em si mesma e não guarda nenhum significado implícito.

Crenças ==> Percepção ==> Interpretação ==> Reação Emocional  ==> Pensamentos ==> Ação
Interpretação Positiva ==> Experiência Positiva  Desejável
Interpretação Negativa ==> Experiência Negativa Indesejável

Se você atribuir um significado positivo a um evento, ele lhe produzirá  uma experiência positiva.
Se você atribuir um significado negativo a um evento, ele lhe produzirá uma experiência negativa.

Imagine uma estória que tenha uma bifurcação em seu enredo e que o divide então em dois caminhos : um, com um desfecho maravilhoso e outro, com um desfecho totalmente desagradável.
Nós nos situamos nessa bifurcação e a interpretação que atribuímos a essa situação neutra determinará qual caminho tomaremos na estória (qual a versão da realidade escolheremos experienciar).

Importante!

Eis o corolário para tais assunções:

Se ocorrer um evento a que normalmente você lhe atribuiria um significado negativo (“Isso é muito chato!”), opte por atribuir a isso um significado positivo, mesmo que lhe pareça negativo e que não veja nada de positivo nele. O simples fato de atribuir um significado positivo e optando por acreditar que existe realmente algo bom implicado em tal evento,  fará produzir-se uma experiência que você irá considerar positiva!   Faça isso!  Na próxima vez em que pensar “Nossa, isso é horrível!” retome o pensamento e acredite que poderá lhe ser bastante positivo ou que poderá lhe ser muito bom…e que você vai encontrar o bem inscrito nisso. Você se surpreenderá com o quanto que isso dá certo!

É muito difícil?
Ok, então faça o seguinte:

“Ok, eu sei que isso parece horrível, mas eu não ligo! Eu DECIDO AGORA que isso será MUITO BOM pra mim! (mesmo que eu não consiga imaginar nada de bom nisso) Eu não vou “esperar” que isso seja bom pra mim. Eu não vou “rezar”para que isso me seja bom.   Eu DECIDO que isso é ótimo e sei que, mais cedo ou mais tarde eu descobrirei a maravilha de tudo isso.”

A primeira vez em que testemunhar como tudo isso funciona mesmo, ficará maravilhado!
É como *mágica* que se transforma bem debaixo de seus olhos!

Tradução minha, Flavia Criss em Ago/2011.

Fonte: http://iasos.com/metaphys/bashar/#time

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s