Relacionamentos da 4a Densidade-parte 1

Canalização de Lyssa Holt.

Germane: Saudações a todos. Aqui é Germane. Gostaríamos de agradecer a todos por terem vindo esta noite. O título da sessão é ” Relacionamentos da Quarta Densidade”. Gostaríamos de incentivá-los a sentir-se livres para fazer todas as perguntas que estão em sua mente sobre o tema.

Nós vamos começar por falar sobre a transformação da terceira para a quarta densidade. Como vocês já nos ouviram falar muitas vezes, uma das características da terceira densidade é a separação seja ela da fonte de Deus, do outro, ou a separação de aspectos de si mesmos dentro de si mesmos.

Essa idéia da separação foi necessária na terceira densidade, para mantê-los naquela experiência de terceira densidade. Não estamos dizendo de forma alguma que a separação de que vocês tem sido parte em seu mundo nos últimos milhares de anos é de alguma forma errada, má ou negativa. É parte da experiência que vocês todos escolheram.

Como vocês estão se movendo da 3D para a realidade 4D, uma das principais qualidades da realidade da quarta densidade é a integração ou reintegração. Portanto, as leis ou locais que vocês têm na realidade 3D (com base na separação) não podem mais operar com sucesso na 4D. Se vocês tentarem levar consigo as premissas e crenças de separação para uma realidade 4D e se recusarem a deixá-las ir, vocês poderão, literalmente, despedarçar-se emocionalmente.

Muito do que vocês estão sentindo em seu próprio crescimento (quer se trate de relações com amantes, família, amigos ou com vocês mesmo) é quase um senso de urgência em abrir mão de certas coisas que já carregaram há algum tempo. Este sentimento de urgência tem a ver com a idéia de que, literalmente, vocês estão  se movendo de uma realidade vibracional para outra. O conjunto de crenças e premissas que estavam operando em uma realidade não pode ser sustentado nas próximas. Então vocês estão sentindo o desejo de mudar suas crenças, de mudar de instalações, e, portanto, mudar a maneira como vocês vivem. Até certo ponto é como se alguém lhes entregasse uma bola de fios emaranhados. Lá está ela em seu colo, e vocês não sabem por onde começar a desembaraçá-la. A única coisa que vocês podem fazer é começar de onde lhes pareça  mais fácil começar.

Relacionamentos em 3D
Trazendo-o para o tópico dos relacionamentos, as premissas e crenças de 3D (separação) foram necessárias para manter relacionamentos 3D. Vamos compartilhar com vocês alguns desses princípios, que foram baseados na separação. Seriam os seguintes:

Sigilo: Este tem sido o grande problema da sua sociedade. O segredo é a retenção de informações de seu parceiro ou de si mesmo. Sigilo não opera apenas sobre o nível de suas interações com os outros, mas os mantém separados da maior porção de si mesmos, também. A idéia do segredo tem sido muito importante para manter relacionamentos na realidade  3D, porque é uma expressão da separação.

 Monogamia Baseada no medo: Outra expressão da separação é aquilo ao que vocês chamam de  monogamia baseada no medo. Nós não estamos falando sobre monogamia por opção, nós estamos falando sobre a monogamia conseguida através do medo, que foi uma expressão baseada na separação. A premissa é basicamente a de que se você pôde conseguir alguém que se comprometesse com você, então poderia sair do fluxo de ter que lidar com relacionamentos e estaria seguro. Estaria separado do resto do mundo. Separado e seguro. Esta é a monogamia baseada no medo.

O amor condicional:  Amor condicional foi uma expressão muito vital para a manutenção dos relacionamentos de tipo 3D.  “Amor condicional” quer dizer que você vai amar alguém se forem cumpridas as necessidades ou condições que você definir. Se não forem preenchidas, você não o amará mais. Houve um desentendimento na realidade 3D do significado do amor incondicional. Quando você está lidando com um quadro de separação, a única maneira pela qual você poderia ver todo o resto seria por meio desse quadro de separação. E assim o amor,  (a antiga definição de amor em 3D) é o amor baseado em condições.

Expectativa:Significa que você entra em um relacionamento com alguém com expectativas em sua mente que talvez você nem sequer saiba quais são. Se você está ciente dessas expectativas, você tenta fazer com que a outra pessoa  as satisfaça. Mais uma vez, a pessoa é usada para satisfazer a necessidade da pessoa que procura o relacionamento.

Manipulação: Esta é uma outra qualidade, muitas vezes inerente às relações 3D e pode estar muito escondida, mas é evidente, em alguns casos, também. No entanto, na relação clássica 3D  pode ser muito profunda a manipulação das peças para que cada pessoa tenha suas necessidades satisfeitas ou que esteja protegida contra os seus medos. Então, muitas vezes a idéia de manipulação acontece para protegê-lo de seus próprios medos. Se você manipular a outra pessoa, você não poderá, assim, sentir o seu medo.

A necessidade de controlar também é uma qualidade inerente a relações muito firmemente ancoradas em 3D. Ela é a suspeita de que tudo esteja acontecendo da maneira que precisava ser, ou para o seu bem maior. A necessidade de controle diz que você não aceita essa idéia. Você deve, portanto, moldar o relacionamento, forçá-lo, ajustá-lo, porque você não confia que ele se tornará o que precisa ser por si mesmo.

Vamos parar por aqui porque não há, literalmente, muito mais que podemos dizer sobre este assunto. Ele será mais discutido, mais tarde na sessão. Vamos para a idéia de 4D.

Relacionamentos 4D

Uma vez que a 4D é baseada na integração ou na reintegração, as características que antes eram status quo nas relações 3D não podem mais ser sustentadas em 4D. Literalmente, a vibração não pode mais sustentar idéias separatistas. Assim, as qualidades inerentes aos relacionamentos 4D seriam:

Honestidade (Não-Segredo). O casal ou a unidade deve ter, a todo custo, a honestidade, em vez do sigilo. Isto significa que se você vê no seu amigo ou parceiro que ele estaria fazendo algo que esteja sabotando a si mesmo ou  o relacionamento, então deverá falar sobre essa sua observação, em vez de conter-se (para não ferir os sentimentos da pessoa) ou para que você possa controlar tais sabotagens por permanecer no relacionamento. Literalmente estamos falando de pólos opostos aqui.

3D é segredo, 4D é a honestidade. Nós não poderíamos frisar a você o bastante sobre o quão importante é a honestidade em um relacionamento 4D. Se não houver honestidade, não poderá haver uma continuação dessa relação no modelo 4D, pois isso é crucial.

Quando dizemos  honestidade, estamos falando também sobre a honestidade com o eu. Muitos de vocês, por vezes, guardam as coisas de si mesmos para sentirem-se seguros. Dentro de uma realidade 4D, é muito difícil esconder as coisas do Self. Você pode acordar numa manhã, e de repente perceber que o relacionamento em que você está em não lhe serve mais e isso deve ser reconhecido para que o fluxo continue. Não estamos de modo algum, dizendo: “Vocês precisam adotar essas características agora!” Não em tudo. Vocês irão fazer isso naturalmente. No entanto, neste período de transição agora entre 3D e 4D, vocês serão bombardeados com qualidades de ambos os lados. Quando isso acontece, terão que fazer algumas escolhas a respeito de como desejarão continuar em seus relacionamentos.

Vamos supor que vocês escolherem o modelo integrador (o modelo 4D) e realmente se tornaram essa idéia (e não apenas tentaram se-lo). Vocês não irão mais sentir a dor da perda em qualquer situação ou em qualquer relacionamento, pois  só iriam sentir dor ou perda, se estivessem  no relacionamento 3D, ou iludindo-se ao pensar que estão em um relacionamento 4D, quando a dor da perda vier à tona.

Novamente, queremos ressaltar a todos que nós não estamos dizendo que vocês devam mudar para relacionamentos 4D. De jeito nenhum. Vocês têm escolhas. Vocês podem fazer as escolhas. Depende apenas de vocês. No entanto, queremos ajudar a ilustrar para vocês o “pacote” que  estarão comprando ao fazerem certas escolhas. É uma “questão de pacote”.

Se vocês fizerem uma escolha baseada na separação ( modelo 3D), e depois esperarem viver um relacionamento 4D, não vai acontecer. Reconheçam onde as suas escolhas estão baseadas. Façam suas escolhas e continuem a partir daí.

Vamos voltar para as qualidades das relações 3D e 4D. Os relacionamentos  em 3D são baseados no sigilo e em 4D, na honestidade; Em 3D é baseado no amor condicional e em  4D tem base no amor incondicional. Cada ser tem a capacidade de experimentar o amor mais incondicional do que têm sempre em cada momento. Nunca há um limite para o amor incondicional. A partir deste ponto, a sua experiência de amor foi em 3D. Literalmente, você vai precisar construir suas próprias definições de amor incondicional, pois só poderão ser concebida ao vivê-la. Nós sabemos que vocês já ouviram muitas definições. Sabemos que todos vocês podem chegar às definições. Mas tais definições são parcialmente intelectuais, pois ainda não foram 100% trazida para as emoções. O amor incondicional é outra parte vital das relações 4D, que significa amar alguém sem condições. Se alguém não satisfizer as suas necessidades, você ainda irá amá-lo. Se não realizar as suas expectativas, você ainda irá amá-lo. Você os ama por ser eles quem são, sem tentar mudá-los. É uma experiência baseada no momento, enquanto o amor condicional é sempre baseado no passado ou no futuro, não no presente. O amor incondicional é baseado no presente.

Confiança absoluta. Este é o oposto da qualidade 3D — da necessidade de controle. Não há nenhuma necessidade ou desejo de controle. Não é que vocês devam levantar todo dia e dizerem: “Eu devo confiar hoje.” É uma existência. Quando vocês acordam todos os dias, não estarão preocupado sobre como manter o seu espírito em seu corpo, pois não se concentram nisso. Isso simplesmente acontece. Então, 4D é assim. A confiança está lá, simplesmente acontece. É o controle vs a confiança.

PERMISSÃO. Este é o oposto de manipulação. Permitir. Permitir que a outra pessoa seja o que precisa ser. Porque só assim vocês irão realmente ver, de fato, quem elas são. Se vocês tentarem manipulá-las, nunca verão quem são realmente. Vocês verão que precisam delas para ser.

Relacionamentos por Escolha: Este é o oposto da monogamia do medo. Isto significa que se vocês quiserem a monogamia, será por escolha consciente. Se vocês quiserem a poligamia ou polifidelidade, será por escolha consciente.

É perfeitamente aceitável escolher qualquer uma dessas coisas, pois todas elas são inerentemente neutras. Eles não têm  um significado intrínseco. Vocês atribuem-lhes um significado, ao fazerem um julgamento. Uma deles é “melhor”, e outra é “pior”. Todas essas escolhas são neutras, qualquer que vocês escolherem poderão servir-lhes. No entanto, se a sua escolha consciente é passar para um relacionamento tipo 4D, vocês não conseguirão fazer isso se continuarem mantendo qualquer das premissas em 3D. Elas terão que ser deslocadas e reorganizadas.

Quando estiverem mudando de uma perspectiva em 3D para outra em 4D, muitas pessoas irão experienciar o medo, de fato. Literalmente vocês estarão passando para um território desconhecido e não poderão ver necessariamente o que está sob o próximo pano, por isso é assustador para muita gente. Mas está tudo bem. Se for algo que você realmente quiser levar a cabo, deixe que o medo aconteça. Quando vocês sairem do outro lado, perceberão que a sua identidade não se baseia em outra pessoa. Sua identidade é baseada em você. Você é o único em quem pode confiar. Você vai sentir esse poder, a clareza,  e a libertação que acontecem quando você reconhece seu próprio poder.

É realmente interessante, porque nos relacionamentos tipo 3D (separação), vocês têm a ilusão de separação, mas ainda assim criam coisas que lembram como ainda estão todos conectados. Por exemplo, os humanos usam o entrelaçamento em 3D para lembrarem-se de que ainda estão conectados. No entanto, a forma como interpretaram a idéia de conexão saiu de uma forma que foi-lhes prejudicial ao invés de apoiá-los. Enredamento ou entrelaçamento é a versão 3D da conexão em 4D. É realmente uma questão da forma como você olha para ele.

Quando se sentirem envolvidos com outra pessoa em sua vida e isso doer, parem por um minuto e inspirem profundamente algumas vezes. Lembrem-se de que o enredamento está lá para lembrá-los que nunca estarão separados da outra pessoa, em última análise. A separação é uma ilusão. Não importa o quão longe você vá,  não estará separado da pessoa. Se vocês puderem começar a curar emocionalmente o seu medo de não estar mais com uma pessoa, irão começar a sentir a sensação de conexão que substituirá a idéia de enredamento 3D e não terão mais necessidade de criar o medo através do enredamento. Irão, assim, criar conexão através de suas expressões em todos os seus relacionamentos.

Muitos dos sintomas disfuncionais em 3D são a sua maneira de lembrar-se de algumas das qualidades de relacionamentos 4D , porém eles são traduzidos através do véu da separação. Assim, eles saem um pouco tortos, mas, no entanto, estão lá como lembretes e ferramentas. Estão lá para ajudá-los a aliviar a dor em suas interações com os outros.

Tradução minha, Flavia Criss em Ago 2011.

Fonte: http://www.worldtrans.org/lyssa/112edit.html

2 comentários sobre “Relacionamentos da 4a Densidade-parte 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s