Relacionamentos da 4a Densidade – parte 4

Perguntas e Comentários (continuação)…

Eu entendo.Mas não foi a minha pergunta. Digamos que minha esposa venha até mim e me diga que eu sou um idiota, e o faça depois de pensar sobre isso e acreditar que esteja sendo honesta e que não é um ataque. Digamos também que eu não tenha nenhuma reação emocional em relação a ela, então estamos ok. Ela pode me dizer que eu sou um idiota, e isso é legal. Se ela percebeu que está sendo honesta, mas se for realmente um ataque …

Germane: Então, ela acabará por fazer este reconhecimento, pois a sua falta de reação não irá satisfazer as necessidades que ela tem. Por isso é essencial que ela se expresse, mesmo achando que não esteja sendo completamente honesta.

Ok, eu estava já puxando os cabelos, pois pensei que você estava dizendo que todos nós seremos capazes de discernir o tempo todo se o que queremos dizer é honesto ou não e eu não concordo com isso. Na verdade, não estou nem dizendo que tudo tem que ser honesto. Só estou dizendo que é nossa experiência, e que não seremos capazes de discernir. Em um estado de dependência, não seremos capazes de discernir o que é honesto e o que não é. Uma coisa que eu acho que é tão maravilhosa nos relacionamentos é que podemos amar uns aos outros o suficiente para sermos espelhos para esse discernimento.

Germane:Sim. Tudo bem, vamos esclarecer. Pedimos desculpas se a linguagem foi enganosa. Sugerimos que, ao treinar-se para expressar-se, você primeiro se pergunte se está sendo honesto ou não. Se não estiver sendo honesto e puder reconhecê-lo, então vá em frente e trabalhe nisso, se assim o quiser. Se você achar que está sendo honesto, então expresse-o, pois isso em si é parte do seu processo de crescimento. Não quero dizer que toda vez em que você analisar as hipóteses,  terá a resposta. Não é o que estava implícito.

E se for o seu entusiasmo  fazer alguma coisa (como ir ao cinema) e o seu companheiro não estiver muito animado?

Germane:Se o seu entusiasmo estiver baseado na cooperação de outra pessoa, não é verdadeiro. Se for o seu entusiasmo levar sua esposa para dançar, mas o seu entusiasmo se baseia na cooperação dela para isso, não está sendo honesto. Se for o seu entusiasmo ir dançar pelo prazer da dança (não baseado no entisiasmo de qualquer outra pessoa ), então é honesto, e uma vez em seu entusiasmo, se ela realmente se animar, então você terá uma correspondência de vibrações.

Qual é o limite entre deliberadamente ferir outra pessoa? Se você falar algo com o seu companheiro, sabendo que vai magoá-lo, você teria o direito de ferir essa pessoa ou  poderia simplesmente canalizar essa energia de excitação em uma outra direção?

Germane:Você nunca vai saber com 100% de certeza o que vai machucar alguém.

Mas, e se o fizer?

Germane: Mas você não poderia saber. Não é possível. Você pode chegar até o seu marido um dia…. e ele pode estar se sentindo absolutamente feliz e em êxtase… então você diz: “Você está parecendo um porco hoje.” Se ele estiver se sentindo muito bem consigo mesmo, isso não vai machucá-lo, nem o mínimo. Você não pode nunca saber o que vai machucar outra pessoa. Então pare de tentar assumir a responsabilidade pelas reações da outra pessoa!

Tudo isso está baseado no conceito de vítima? Eu não lembro se você mencionou a palavra “vítima”,  ao falar do modelo de relacionamentos da terceiro para a quarto densidade .

Germane: Bem, os relacionamentos da terceira densidade muitas vezes expressam a vitimização.  Os da  quarta densidade expressam a auto-responsabilidade e a auto-capacitação. A vitimização poderia até aparecer, mas não se torna um ponto importante. Não temos certeza de que você está entendendo ou aceitando o conceito que estamos apresentando. Se o seu marido estiver 100% em sua própria Divindade, em sua própria alegria e emoção, você poderia dizer a ele a pior coisa do mundo, e não irá machucá-lo. Você nunca pode machucar outra pessoa. Ela pode optar por se sentir mal. Você não pode ferir outra pessoa, sempre, porque cada um de vocês (gostem ou não) é totalmente responsável por suas próprias emoções e reações. Isso por si só é uma grande liberdade, pois é o caminho para tomar o seu poder de volta. Reconheça que a intenção intrínseca nunca é destruir, mas sempre amar. Mesmo os atos mais hediondos são um clamor para aprender a amar. Essa é a intenção intrínseca da Criação, sob todos os aspectos. E toda ação é baseada nesta intenção, de aprender a amar. Examine suas crenças. Se você realmente acreditar que a Criação é  Amor, se você realmente acreditar nisso, então cada ação, cada instância deverá apoiar essa crença. Se você acreditar que as ações podem realmente prejudicar, então deve haver uma crença em algum lugar que lhe diz que Deus ou que a Criação poderá ser prejudicial de algum modo.

Talvez eu possa ajudar a esclarecer as coisas para quem quer saber mais. Nenhuma outra pessoa saberá o que vai me machucar. E reter um comentário, porque vai ferir alguém será assumir a responsabilidade por suas emoções e, assim, pelo o seu crescimento. Ninguém nesta sala está preparado para aceitar a responsabilidade pelo o crescimento de outro ser humano. Si o  fizerem ativamente (se eles estiverem em um estado enfraquecido ou não capacitados), inibirão seu crescimento ou, realmente sabotarão o crescimento em sua vida e as coisas que escolheram estar aqui para enfrentar.

Isso também travará o seu relacionamento na terceira densidade.

Era isso que eu ia perguntar e está diretamente relacionado com a questão anterior. Digamos que eu esteja no meu relacionamento com meu marido e diga a ele: “Se você tiver um jantar com outra mulher, isso vai me magoar, então não me diga se voce tiver mesmo, porque isso me machucaria e eu não quero ouvir “. Tudo bem eu pedir isso, mas seria uma ocultação e isso faz parte da terceira densidade. Certo?

Germane: Sim!

Então isso é bom, mas seria uma escolha da terceira densidade em vez da quarta.

Germane: Sim, não há nada de errado com isso, mas reconheça que é isso o que você está escolhendo, então não poderá esperar uma relação da quarta densidade se você está escolhendo interações da terceira.

Se você escolher a terceira densidade, então tudo bem, ele não terá o direito de me dizer aquilo ou forçar-me sabê-lo. Mas também não significa que se espera o amor condicional?

[Todos em uníssono] Terceira Densidade!

Germane: Você está fazendo uma escolha baseada na terceira densidade, ou seja, ocultação, segredo… então todas as outras partes desse pacote irão combinar com ele.

De  onde a dor vem? E por que ela existe, se estamos nesta transição, e deveríamos estar olhando para essas relações de quarta dimensão? Por que nos magoamos sob o modo da terceira dimensão?

Germane: Você está olhando para as relações da quarta densidade. Ao deixarem a terceira densidade em direção à quarta, muitas pessoas estão optando por sentir a dor. Quase da mesma maneira como quando você está congelada, e começa a sentir de novo os seus pés que realmente doem. É um marco. Muitas pessoas estão a usá-lo dessa forma, para lembrá-las de que ainda podem sentir.

Por isso, tudo bem que continuem a escolher os princípios  da terceira densidade . Absolutamente, tudo bem. É tudo igual mesmo. No entanto, não espere que ao escolher tais princípios da terceira densidade  e venha o pacote da quarta densidade, pois o controle da jornada não vem com a quarta densidade. É um ou outro pacote. Você não pode misturá-los!

Honestamente, àqueles na sala, lendo isso ou ouvindo essa fita…são os inovadores dessas idéias, pois elas são ameaçadoras para um monte de gente, e aqueles que optam por abraçar os princípios da quarta densidade serão revolucionários. Vocês todos devem começar a identificar-se e juntar-se nisso!

Se eu tiver realmente escolhido as relações  da quarta densidade ou passar para a quarta-densidade,  que implica escolhermos a honestidade, o amor incondicional, a permissão…eu não vou sentir nenhuma dor, certo? Se eu estiver sentindo mágoa em meu relacionamento, então, na verdade …

Germane: Você está agarrada a algo da terceira densidade.

Então sempre que eu sentir dor, então precisarei voltar atrás e comparar os conceitos, ou seja,  honestidade e outra coisa… e descobrir qual o conceito que eu estou mantendo.

Germane: Exatamente, exatamente. Se você pudesse abraçar a idéia dos relacionamentos da quarta densidade em 100% , não, você não sentiria dor. Mas alguns de vocês estão se segurando em alguns dos conceitos da terceira D enquanto anseiam pelos conceitos da quarta, e então sentem dor, que é um indicador de que vocês estão fazendo a mudança, e isso é muito bom. Mas se você sentir que você realmente está na quarta D, mas ainda há algo e então volte e examine que premissa ou crença você tem que se baseia na ideia de separação da terceira densidade .

Mais uma vez, deixe-me repetir para mim mesma. Se você estiver sentindo alguma dor em um relacionamento, então está tentando desesperadamente se segurar em  algum conceito de terceira densidade dentro dele.

Sim, exatamente. Agora, por respeito ao seu canal, faremos uma pequena pausa.

Tradução minha, Flavia Criss, em Ago/2011.

Fonte: http://www.worldtrans.org/lyssa/112edit.html

Foto: Iko

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s