“Lei da Atração” – terceiro aspecto fundamental

Minha alma se comunica através da Emoção

Nós somos muito mais do que vemos em nosso corpo físico, e enquanto estamos sendo estes  verdadeiramente maravilhosos criadores no mundo físico, estamos existindo simultaneamente em outra dimensão.

Abraham nos ensina que existe uma parte de nós – a nossa parte não física que chamamos de espírito, alma ou Eu Interior- que existe nesse exato momento enquanto estamos aqui, neste corpo físico. É estranho pensar assim, não?

Mas, segundo Abraham, nossas emoções são a indicação física do nosso relacionamento com o nosso Eu Interior.

Em outras palavras, enquanto estamos concentrados em alguma coisa e desenvolvemos nossas opiniões e perspectivas específicas sobre ela, nosso Eu Interior também está concentrado na mesma coisa, mas pode ter outras opiniões e perspectivas sobre ela. Assim, as emoções que sentimos em relação àquilo são as nossas indicações de que há correspondência ou desacordo entre ambas opiniões.

Vamos dar um exemplo? Imagine que algo aconteceu  e você ficou com a impressão de que deveria ter agido melhor na situação, ou  que você não foi esperto na hora, ou  que você não foi valorizado como achou que deveria ter sido e a opinião verdadeira do seu Eu Interior é que você fez muito bem, que você é inteligente e que você sempre vale muito, eternamente. Percebemos que há um desacordo entre as opiniões, não? Abraham nos esclarece que sentimos esse desacordo na forma de uma emoção negativa.

Por outro lado, quando nos sentimos orgulhosos de nós mesmos, ou quando nos apreciamos ou amamos alguém, essa nossa opinião se aproxima imensamente daquela que o nosso Eu Interior tem a nosso respeito, e então iremos sentir a emoção positiva da autovalorização, do amor e do apreço.

Assim entendemos que o nosso Eu Interior ou Fonte de Energia, como diz Abraham, sempre vai oferecer uma perspectiva muito mais vantajosa para nós, e quando a nossa própria perspectiva corresponde àquela, a atração positiva acontece.

Dito de outra forma, quanto melhor procurarmos nos sentir, melhor será nosso ponto de atração e melhores coisas virão ao nosso encontro. A comparação entre as vibrações advindas da nossa perspectiva e aquelas advindas do nosso Eu Interior é o que resulta nesse manífico Guia que sempre nos estará disponível.

Como a Lei da Atração sempre responde e age em relação à vibração que estamos oferecendo no momento, é de muita ajuda o entendimento de que são nossas emoções nos fazem perceber quando estamos no processo de criação de algo que desejamos ou no seu inverso.

Dessa forma, quando aprendemos o poder da Lei da Atração e entendemos que estamos atraindo coisas em função do que pensamos, preferimos  monitorar cada pensamento nosso para sempre nos sentirmos guardados por eles.

Ah, mas com certeza é muito difícil monitorar nossos pensamentos a todo momento, não? Há tanta coisa em que podemos pensar, ainda mais com a Lei da Atração, que nos traz ainda mais coisas à mente continuamente!

Abraham nos alerta que ao invés de tentarmos monitorar nossos pensamentos, melhor será prestarmos atenção à forma como nos sentimos, pois se escolhemos um pensamento que não está em harmonia com o que o nosso Eu Interior entende a respeito, sendo ele  mais sábio e mais amigo do que somos conosco, sentiremos essa falta de concordância e então poderemos tranquilamente redirecionar o pensamento para algo que nos faça sentir melhor e que, por esse motivo, nos será mais útil.

Vamos às palavras de Abraham, para finalizar esse último aspecto fundamental da Lei da AtraçãoQuando você oferece seu pensamento na direção de algo que você deseja, você sente emoção positiva;quando você oferece seu pensamento na direção de algo que você não quer, você sente emoção negativa. Assim, ao prestar atenção, simplesmente, à forma como se sente, você saberá todas as vezes a direção de onde o seu poderoso e magnético ser está atraindo aquilo em que pensou.

(Esther & Jerry Hicks, The Law of Attraction, Hay House, 2006,p.35. Tradução e comentários meus)

Foto:  Pink Sherbet Photography

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s