Terceiro passo: Sinta a partir daquilo que Quer.

No texto a seguir encontraremos muito a palavra “TENCIONAR”. No dicionário:

Tencionar: fazer tenção de ; planejar

tenção : plano, intenção

Intencionar: ter a intenção de; tencionar.

Tencionar

Depois de ter começado a trazer cá para fora os seus Quereres, há mais um passo útil a dar, que  é  transformar  os  Quereres em  Intenções.  Uma  vez  que  a  palavra  “querer”  pode  ainda causar-lhe  alguns  arranhões  emocionais,  vai  com  certeza  sentir-se  muito  melhor “tencionando”.

Tencionar
é uma espécie de combinação de “querer e ter expectativas”.

E uma boa maneira de começar  é  ir  tendo  pequenas  intenções  ao  longo  do  dia.  Isto  não  só  proporciona  alguma prática  valiosa  a  par  de  resultados  rápidos,  como  abre  novos  canais  de  energia  muito necessários, que nunca haviam sido abertos anteriormente. E a cada novo canal significa que está a receber mais daquele fluxo elevado de energia original do que estava anteriormente e, como  tal,  sentir-se  bem  torna-se  mais  fácil…  o  que  o  abre  a  mais  energia,  ainda  mais elevada…o que…etc., etc.

Ter  intenções  diariamente  desenvolve  novos  canais  por  onde  flui  a  energia.  Quanto  mais intenções tivermos, mais estaremos a usar essa energia de freqüência alta que rapidamente se torna uma via com dois sentidos: quanto mais a usarmos, mais quantidade obteremos.

Isso cria uma  espécie  de  proteção em  torno  de  nós,  como  se  estivéssemos  enrolados  numa  capa protetora onde  temos muito menos hipóteses de ser atingidos por velhas crenças que só nos trazem coisas que não queremos.

Eu  não  abdico  de  ir  tendo  pequenas  intenções  ao  longo  do  dia.  Tenciono  chegar  ao meu destino  em segurança.  Tenciono  chegar  pontualmente  e  sentir-me  o  máximo.  Tenciono arranjar  um  bom  lugar  para  estacionar  o  carro.  Tenciono  sentir-me  bem  com  a  roupa  que trago. Tenciono fechar o negócio. Tenciono manter a minha conta bancária num certo nível ou fazer com que  fique ainda maior. Tenciono estar alegre durante  todo o dia (um objetivo que não  é  assim  tão  pequeno).  Tenciono  ajudar  os  meus  clientes  a  sentirem-se-à-vontade.  E,
desde que a minha válvula esteja aberta enquanto vou tendo estas intenções, elas cumprem-se sempre.

Em questões mais importantes, se a sua intenção nesse dia for sentir alegria, nem sequer será capaz de encontrar um programa incômodo na televisão. Se a sua intenção for ver instalada uma nova  cozinha  sem a menor  contrariedade, assim será desde que não  feche a válvula a nada. Se a sua intenção for acabar a colheita antes do jantar, veja com que facilidade o faz.

Em  relação  aos  Quereres de  uma  dimensão mais  vasta,  se  transformar  cada Querer numa intenção, e se permitir sentir o poder por detrás dele, dizendo por exemplo, SIIIIM!!!!! Ficará espantado com os resultados.

“Tenciono mudar-me ano que vem!” significa: “Não faço idéia de como isso irá acontecer mas sei que descobrirei, porque estou determinado a fazê-lo!”

“TENCIONO ter um novo relacionamento!”

“TENCIONO aprender dança tradicional do Oeste!”

“TENCIONO ter uma conta de banco recheada!”

“TENCIONO encontrar felicidade em tudo que eu faça!”

“TENCIONO fazer novos amigos!”

“TENCIONO ter uma ligação espiritual mais profunda!”

Tem de sentir a força ao fazer estas afirmações. Sinta a autoridade, o poder, a força por trás da energia que sai de si. A efetivação.

Mas tenha cautela. Tencionar é uma dinâmica de que não devemos abusar e que nunca deve ser transformada num hábito irrefletido.

Ouse Querer

Quer lhe chame tencionar ou querer, liberte-se das correntes e faça-o!

Ouse querer. Ouse sonhar novos sonhos. Ouse tirar os velhos sonhos do sótão e sacudir-lhes o pó.

Dê a si mesmo permissão para querer; melhor ainda, force-se a querer.

Depois escolha um pequeno querer extravagante e nada essencial e comece a falar sobre os porquês de querer essa coisa, até aprender a ativar esse sentimento excitado. Em breve terá perante a si manifestações físicas, e acredite em mim, quando isso acontece é uma sensação como não há igual.

Verifique agora mesmo as coisas de que gosta ou não gosta na sua vida.

A seguir, ultrapasse a culpa  de  querer e  ponha  esse motor  do Desejo  em  alta  rotação,  pois  querer  traz  paixão,  a paixão traz mais alegria, a alegria traz mais desejo, e agora você está a criar com um objetivo. Você é simultaneamente o grande inventor e o beneficiário da invenção. (Não se preocupe em ser o engenheiro que tem de descobrir como tornar as coisas realidade. Essa já não é tarefa sua).

Escolha  bens materiais,  claro  está, mas  exija  também  a  sua  quota  de  coisas  universais  ou intangíveis tais como:

Quero que o meu coração irradie alegria.
Quero que toda a minha família sinta alegria.
Quero ter a certeza de que está sempre tudo bem.
Quero ter uma maior sensação de liberdade.
Quero saber que tenho escolhas.
Tenciono alargar o meu leque de escolhas.
Tenciono aprender a criar intencionalmente.
Tenciono aprender a gerir energia.
Tenciono estar consciente da minha resistência.
Tenciono estar consciente dos meus sentimentos.
Tenciono apreciar a vida ao máximo.
Tenciono divertir-me mais.
Tenciono descontrair-me.
Tenciono ter uma relação mais próxima com minha origem.

O essencial é ultrapassar o estigma de querer, e  fazê-lo. Ouse querer o que quer que neste mundo lhe dê prazer, pois querer é assumir o controle. Querer é criar.

Querer – e manifestar esses  Quereres na  realidade  –  é  cumprir  sua  razão  de  ser.  E  nisso  reside  o  verdadeiro esplendor da vida.

Lynn Grabhorn, Com licença, sua vida está esperando. pp. 44 a 49. Tradução de João Francisco Carvalhais. Revisão de Flávia Criss, Mai/2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s