Aprendendo as Posições

Posição 1 – O Embalo

Friccione suas mãos vigorosamente uma na outra e balance a cabeça sem usar pressão. Torna-se melhor quase sem tocar a pessoa. Conserve suas mãos relaxadas. Os dedos indicador e médio ficam embaixo, nos lados do pescoço, enquanto que os polegares ficam perto das orelhas.
Comentário: o embalo é uma posição muito confortável. Pode ser de enorme ajuda no alívio de tensões, dores de cabeça e nervosismo.
Tenha a certeza de que o seu corpo está confortável nesta e em todas as outras posições da sessão de polaridade. Não se esforce se suas costas começarem a ficar doloridas. Faça um descanso, volte relaxado e continue.
Conserve esta posição até que você sinta uma forte troca de energia em suas mãos. Não há uma regra quanto à permanência em qualquer uma dessas posições. É melhor que você confie em suas intuições e sentimentos. Em alguns casos, o embalo pode ser feito por meia hora ou mais. Mais freqüentemente, tem a duração de alguns minutos.
Faça com que seu amigo respire profundamente. É mais fácil experimentar a força vital quando você não está tocando seu amigo.

Posição 2 – Estiramento do Pólo Norte

Descanse a cabeça do seu amigo sobre a palma da sua mão direita, de forma que o seu dedo médio e polegar possam segurar com firmeza o osso occipital. Sua mão esquerda deverá ficar pousada sobre a testa. Com uma pressão firme, puxe direto para trás, somente com a mão direita. Fique assim uns dois ou três minutos.

Comentário: Faça com que seu amigo relaxe e deixe você fazer todo o trabalho. Se você tatear os lados da parte traseira do seu pescoço, encontrará a base do osso occipital. Se pressionar sob o osso, provavelmente sentirá um pouco mole. Uma vez que você encontrou este lugar em você, será fácil encontrá-lo em outra pessoa. Quando você. sentir que o polegar e o dedo médio da sua mão direita têm um sólido manejo na base do osso occipital, pode saber que está no lugar certo.
Use tanta pressão quanto for possível, na medida do conforto de seu amigo.Se sua mão direita ficar cansada, passe para o próximo movimento. Encoraje o seu amigo a respirar profundamente, se assim ele não estiver respirando.

Posição 3 – Movimento do Ventre

Friccione suas mãos vigorosamente e pelo lado direito do seu amigo, ponha sua mão esquerda na testa dele e sua mão direita na região sob o umbigo. Agora balance a pessoa ritmicamente com a mão direita. Balance por alguns minutos e
então pare e deixe suas mãos no lugar. Conserve suas mãos aí todo o tempo quevocê estiver sentindo aquele formigamento da troca de força vital (pelo menos um minuto). Agora, erga a sua mão a uns três ou cinco centímetros do corpo e sinta novamente o formigamento de força vital em suas mãos.
Comentário: Preste atenção para que o movimento seja delicado e brando, como o balançar uma criança. Durante o balanço o dorso se move de três a cinco centímetros. Siga o momentum do corpo para conservar uma velocidade delicada e suave. Preste atenção para que sua mão direita não escorregue pela superfície enquanto o corpo permanece quieto. A mão e o dorso deveriam mover-se juntos. Se o seu amigo não balança, tente pressionar mais profundamente com a mão direita.
Quando você parar o balanço e deixar sua mão no lugar, poderá acontecer que seu amigo sinta energia formigando e correndo por todo o corpo.
Este movimento é simples e extremamente poderoso. E recomendado como um tratamento se você tem apenas alguns minutos. E maravilhoso para as crianças antes de irem para a cama.
Novamente, respiração profunda e branda é muito importante.
Sugestão: Pare aqui e tente o que você acabou de ler.

Os Pés

Complete todos os movimentos em um pé antes de começar no outro. As instruções são para que você comece no pé direito do seu amigo. Quando você acabar o direito, comece o esquerdo, somente invertendo as instruções.

Posição 4 – Limpeza

Faça ambas as mãos deslizarem para baixo, pela perna, começando abaixo do joelho, e mova para as extremidades dos artelhos. Então, sacuda as suas mãos vigorosamente como se você estivesse jogando água fora. Repita este movimento
algumas vezes.
Comentário: Este movimento puxa para fora a energia estática, não direcionada. Suas mãos podem sentir-se pesadas, densas, inchadas. É a hora de mandar embora esta energia num forte arremesso.

Posição 5 – Inclinar e Puxar

O calcanhar direito do seu amigo fica nos dedos da sua mão esquerda. A base da sua mão direita é colocada na parte gorda da sola do pé. Agora, ponha no pé o peso da mão direita, inclinando-o para frente, usando o peso do seu corpo para dar no tendão de Aquiles um bom estiramento. Em seguida, ponha a sua mão direita sobre o meio do peito do pé e puxe para baixo até que o joelho levante uns quatro centímetros da mesa. Puxe suavemente. Repita isso algumas vezes.

Comentário: Você pode usar bastante força no movimento para frente. No entanto, no movimento para baixo seja bem suave. Verifique com seu amigo como ele se sente.

Posição 6 – Pressão na Parte Interior do Calcanhar

Segure o calcanhar do pé direito com os dedos da mão direita. Com o polegar direito, encontre um ponto sensível na parte interna do calcanhar. Pressione de maneira firme, delicada e ininterrupta. Não massageie este ponto. Sua mão
esquerda deve segurar levemente o pé em posição vertical.
Comentário: Pontos que são sensíveis e doloridos (não por lesão) nos pés ou em outras partes do corpo refletem bloqueios no fluxo de força vital através dos vários órgãos e sistemas. Aplicar pressão nesses pontos sensíveis estimulará o fluxo de energia através dos seus órgãos correspondentes.
Tenha o cuidado de manter as unhas do polegar curtas.
Talvez seja necessária uma busca sistemática para que se localize corretamente o ponto sensível.  Muitas pessoas têm
um ou mais pontos sensíveis. Por isso, investigue a área e trabalhe cada um deles. Você pode ter que empregar uma pressão profunda para encontrar pontos doloridos. Quando seu amigo reconhece um ponto que dói, pressione somente com a intensidade que ele possa tolerar. Encoraje seu amigo a relaxar e respirar profundamente, deixando que as sensações do pé vão pelo resto do corpo. À medida que a dor diminui você pode, sem medo, aumentar a pressão dentro de poucos minutos.
Se você sente pulsar o seu polegar, mova para outro ponto dolorido, não ponha pressão direta sobre uma veia.
Este movimento é para equilibrar a área pélvica baixa no centro do corpo, e é bom especialmente para mulheres com cólicas menstruais.

Posição 7 – Rotação do Calcanhar para o Lado de Fora
Mova o pé direito num ângulo de 45°. Segure o calcanhar do pé direito com os dedos da mão esquerda. Com o seu polegar esquerdo, procure um ponto dolorido no lado de fora da área do calcanhar. Seja sensível, faça uma pressão firme, não massageie. Com a mão direita segure as pontas dos pés e faça rotação.
Comentário: Tenha o mesmo cuidado que você teve no último movimento com os pontos delicados. Trabalhe os pontos delicados tantas vezes quantas você encontrar no lado de fora do calcanhar.
Mova o seu corpo para uma posição mais confortável, se você não conseguir fazer a rotação no pé.
Este movimento também tem influência sobre as áreas pélvicas baixas, mais na direção dos lados do corpo, do que a Posição 6.

Posição 8 – Estiramento do Dedo do Pé
Comece pelo dedo menor. A base deste dedo descansa sobre o dedo indicador da mão direita. O polegar é colocado levemente abaixo de onde o dedo se liga com o pé. Sua mão esquerda é colocada sobre a direita como reforço. Puxe direto para trás, enquanto levanta e balança o pé ritmicamente algumas vezes. Os dedos podem ou não estalar. Faça isso em cada dedo. Seja suave.
Nota: Não puxe os dedos se a pessoa sofrer de artrite ou se tiver problemas nas costas.

Comentário: Segure cada dedo suficientemente firme para que ele não escorregue dos seus dedos. Se ele estiver suado, você pode usar uma meia sobre os dedos e então puxá-los.
Não se preocupe se os dedos não estalarem. E o puxão que é importante. Vá com cuidado no dedão:Enquanto você balança o pé, ondas de energia vão através do corpo. E como sacudir um esguicho de jardim. Você sacode uma ponta, e uma onda vai pela borracha até a outra extremidade. Se este movimento for feito apropriadamente, não será doloroso, e você perceberá a cabeça do seu amigo mover-se com a sacudida.

Posição 9 – Fricção com os Nós dos Dedos
Feche a mão direita e massageie profundamente toda a sola do pé direito com os nós dos dedos da sua mão direita. Trabalhe um tempo em qualquer ponto delicado que você descubra.
Sugestão: Pratique a Lição Um antes de continuar.

Trecho de A Cura Através das Mãos, Richard Gordon.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s