Sempre me vejo guiado para uma solução superior

A falta de claros acordos econômicos pode criar conflitos entre as pessoas, inclusive aquelas que se amam. Se uma delas se lembra de gastar quantidades ilimitadas em comida enquanto a outra só quantidades limitadas, o terreno para o conflito está pronto. Cada uma das duas pessoas dá um valor diferente à comida. Em vez de tomar o tempo para considerar seus acordos econômicos e comentá-los  com calma e afetuosamente, a maioria das pessoas entra em lutas de “poder” quando surge este tipo de questões.

Para muitas pessoas, o dinheiro representa poder e acertar em seus critérios a respeito dele significa ganhar poder. Normalmente, os conflitos econômicos giram em torno de lutas pelo poder. Talvez seja um assunto de poder quando  alguém que te deve dinheiro não o devolve, quando não há acordo entre seres queridos sobre como gastar o dinheiro ou quando um não cobra por seu trabalho o que crê justo.

 

Se vês que há questões econômicas que produzem desacordos ou criam distâncias entre tu e outra pessoa, podes tentar mudar a situação com amor. Primeiro, recolhe-te e entra em contato com teu interior. Poderias perceber uma energia incômoda no estômago ou abaixo do diafragma. Isto indica uma luta sobre quem tem razão e quem ganhará o pulso do poder. Lutando neste nível, não há maneira de ganhar.

 

Escuto a sabedoria de meu coração

 

Para mudar a situação, trabalha ao nível das energias. Podes começar dirigindo a teu coração e libertando a ira e os sentimentos doídos. Envia teu amor à outra pessoa. Desprende da necessidade de ter razão ou de que as coisas se façam a tua maneira. Não estás a abandonar teus valores nem sacrificando teus ideais. Simplesmente, tiras energia de teu plexo solar (chamado, em ocasiões, “centro do poder”) e dirige-a a teu coração, onde se acham todas as verdadeiras soluções.

 

Segue fazendo-o até que possas sentir amor e perdão pela outra pessoa. Pode levar vários dias ou até mais, antes de te libertar de tua ira e começar a abraçar sentimentos de amor. Enquanto isso, não faças nada; não discutas, não  telefone,  nem faças outra coisa além de limpar a energia entre vocês enviando teu amor à outra pessoa. Em algum momento, perceberás o ponto de inflexão; sentirás amor. Dê mentalmente à outra pessoa que te negas a entrar em uma luta pelo poder. Partes de uma situação “Eu ganho – tu perdes” e a convertes em “ambos ganhamos”.

 

Quando procuras as respostas em teu coração, estás a abrir as portas para uma nova solução, uma resposta mais elevada. Liberta das dificuldades e ocorrer-se-te-ão ideias novas. As pessoas reunir-se-ão contigo no meio do caminho, porque sentirão a mudança em tua energia e elas também mudarão. Bombardeia as pessoas com pensamentos de amor e poderá produzir mudanças milagrosos em qualquer situação.

 

Se alguém te deve dinheiro, te esquece disso e lhe manda teu amor. Confia que o dinheiro chegará de outra fonte ou, inclusive, desta mesma pessoa uma vez sintas autêntico desapego com respeito a ele. A negação de pagar uma dívida costuma ser uma negação de amor, que converte a relação em uma luta de poder. Se negas-te a participar nesta luta e, em vez disso, envias teu amor, criarás uma mudança. Uma vez alterada tua própria energia, a outra pessoa não poderá fazer mais do que alterar a sua.

Volta a considerar detidamente teus acordos, critérios e valores econômicos em qualquer área em que experimentes conflitos de dinheiro. A outra parte propõe um assunto que é importante enfrentar. Que estás a defender? Normalmente, defendem-se com grandíssimo vigor aqueles valores e critérios dos quais não se está realmente convencido; quando as ideias estão claras, raras vezes se sente a necessidade de as defender.

 

Pensa em algum desacordo econômico recente. Que critério ou valor teu se via questionado? Que critério ou valor defendia a outra pessoa? Têm suas ideias elementos que te possam ajudar, um pensamento novo e clarificador que poder-te-ia interessar assumir? Têm teus próprios acordos e critérios partes disfuncionais, que ver-te-ias beneficiado se te desprendesses delas? Teu eu superior quer que reconsideres tuas crenças, valores e acordos; de outro modo, esta situação não ter-se-ia produzido.

 

O conflito pode também provir de uma convicção de escassez, da ideia de que não há suficiente para todos. Pensa em algum desacordo ou pequeno conflito econômico que tenhas tido ultimamente. Foi o medo de não ter suficiente parcialmente responsável pelo desacordo? Teria surgido o conflito se tivesses fé na abundância do universo e em que podes ter o que desejas? Assegura-te de não atuar por medo de que não tenha no universo dinheiro ou coisas suficientes para todos.

 

Sempre procuro uma forma para que os demais saiam ganhando; fazendo-o, eu também ganho

 

Sempre há uma maneira em que ambas pessoas saiam ganhando. Se ainda te parece que, para que um ganhe, o outro tem que perder, ainda chegaste à solução mais elevada. Esta sempre consistirá no ganho de ambas pessoas, na realização das metas superiores de ambas. Para encontrar esta solução mais elevada, pergunta-te “Qual é o problema, verdadeiramente? Que é realmente importante para mim?” Interroga-te com sinceridade a respeito do que precisas para conseguir teus objetivos. Em muitos casos, luta-se por uma coisa quando, em realidade, se trata de algo totalmente diferente. Finalmente, trabalhem juntos para encontrar uma solução.

 

Não presuponhas que a outra pessoa está na contramão tua; pelo contrário, procura sua ajuda para encontrar a solução do problema que vos afeta por igual. Sempre pensa que existe uma solução que pode satisfazer a ambos, ainda que ainda não a tenham encontrado. Propõe-te conseguir que a outra pessoa saia ganhando e, deste modo, ser-te-á possível sair ganhando tu também.

 

Já chegou o momento de surgir formas novas, porque as velhas já não servem. Encontrá-las é um desafio. Está disposto a ser aberto e flexível, a confiar em caminhos superiores. Deixando-os emergir através de teu amor e boas intenções, apresentarás ao mundo um presente de novas soluções para velhos problemas.

 

Como Criar Dinheiro, p. 86

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s