Um compromisso mútuo

Na Islândia, há um provérbio que diz: “Não vou lhe vender isso por um preço mais alto do que aquele que paguei.” Esse vai ser o meu compromisso com você. As idéias sobre a dinâmica da mudança consciente que estou compartilhando com você neste livro surgiram do meu laboratório pessoal ao longo de mais de quinze anos dedicados à cura, ao ensino e ao aconselhamento.

Vou relatar experiências e acontecimentos com honestidade e interpretá-los com tanta clareza quanto permitem a
minha compreensão e a minha capacidade.  Quanto à sua parte do compromisso, peço-lhe que leia com a mente aberta e
escute o que é dito nas entrelinhas. Na melhor das hipóteses, as palavras só contêm um pouquinho de significado. Quando tentamos descrever o não-material em termos concretos, encontramo-nos instantaneamente em terreno escorregadio. É como utilizar uma rede para reter a água corrente. O espírito está presente em todos os lugares e em toda a vida. Extrair qualquer coisa do espírito e dar-lhe um nome cria imediatamente uma limitação. O todo não pode ser transformado em algo específico.

Contudo, podemos entender mais a respeito do todo estudando suas partes.  Se uma história ou um pensamento puder contribuir para verificar um pouquinho mais claramente quem você é, eu me sentirei gratificada. Se os pensamentos expressos neste livro o ajudarem a passar por suas mudanças com mais clareza, meu objetivo terá sido alcançado.
Agora, se este livro não for para você, então eu lhe peço que gentilmente o ponha de lado, a fim de que nenhum de nós seja enganado. Nosso mundo eivado de conflitos necessita que celebremos a nossa diversidade, e não que haja contendas
entre nós por causa dela. Há infinitos prismas através dos quais a Luz única se esparge em muitas cores. Tentei incutir minhas palavras da esperança de que, acima de tudo, você possa encontrar a cor que é sua e vivenciá-la de modo que nós dois possamos crescer a partir da nossa compreensão de que há muitas cores dentro da Luz única.

 Enquanto eu escrevo e você lê, os nosso mundos realmente se tocam. Eles se tocam à maneira do sorriso que diz: “Eu já não conheço você de algum lugar?”

As 7 Etapas de Uma Transformação Consciente, p. 10.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s