Relacionamentos da 4a Densidade – parte 5

Perguntas e Comentários…Sasha responde.

Sasha: Tudo bem, aqui é Sasha. Saudação a todos vocês.

Saudações, Sasha.

Sasha:É um prazer estar aqui com vocês e, especialmente, falando sobre um dos nossos temas favoritos. Pretendemos esclarecer mais um pouco agora, na segundas metade do nosso encontro,  e pretendemos falar também a respeito de algo em que alguns de vocês manifestaram interesse,  no passado, em conhecer pessoalmente, ou seja: meus relacionamentos. Essa informação estará certamente disponível esta noite se quiserem saber, algo que lhes possa servir como modelo para uma forma diferente de relacionamentos. O nosso caminho não é melhor ou pior do que de vocês. É simplesmente diferente, é uma expressão de quem somos.

Germane lhes deu bastante informações que são ferramentas que vocês têm agora e poderão levar para as relações futuras que tiverem na vida. As mudanças não precisam ser provocadas pela dor somente… realmente não. Agora, é claro, se o seu sistema de crença diz que você deve crescer com a dor, então é mais do que provável que irá manifestá-la, porém não necessariamente. Vocês começarão a ver como você aplicar algumas das ferramentas que lhes foram dadas esta noite em alguns dos entendimentos, e começarão a ver mudanças em si mesmos e em seus relacionamentos.

Nós não podemos expressar o tanto que enfatizamos tudo isso. Vocês verão as mudanças se começarem a reconhecer quando estão operando a partir dos princípios da terceira densidade, tentando trazê-los para uma relação de quarta densidade. Quando começarem a reconhecê-lo, mudarão a si mesmos e verão enormes, poderosas mudanças em sua vida. Não se surpreendam, e essas mudanças trarão êxtase e alegria, pois não têm de trazer-lhe a dor.

Agora, gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para ficarmos disponíveis para as suas perguntas. Então, vamos deixá-los orquestrarem essa parte da noite. Sobre o quê  gostariam de falar?

Ao olhar para o nosso futuro na Terra, quais probabilidades você vê?


Sasha:
As probabilidades  que vemos incluem as mudanças nas relações acontecendo nos próximos 20 anos, como o ponto crucial. E nesses próximos 20 anos percebemos, em primeiro lugar,  mais estresse nos relacionamentos que estão lutando contra a mudança, porém não necessariamente em todas as relações individuais. A mudança geral na sociedade pode, aparentemente, ser uma mudança provocada pela necessidade evocada pelas mães ou pais solteiros, talvez causada pela escassez de um sexo determinado em uma certa faixa etária.

No entanto, o que vai provocar mudanças em seus relacionamentos não serão essas coisas externas, mas a dinâmica interna da sua mudança de energia. As coisas externas só serão meros sintomas dessas mudanças. Vocês estão me acompanhando?

Assim, os próximos 20 anos serão os mais cruciais de acordo com a nossa estimativa. Depois disso, vocês começarão a se adaptar com menos resistência de forma geral. Mas claro que dentro dos próximos 20 anos serão necessários pioneiros e revolucionários e muitos irão optar por isso, mas depende muito de cada um, de suas escolhas pessoais e de seus acordos. Mas vocês verão alterações nesta vida, isso é absolutamente 100% garantido.

Agora, gostaríamos de falar sobre uma idéia que está ameaçando muitos de vocês, mas como sabem, é uma base muito sólida do pensamento Pleiadiano, ou seja,  a capacidade de amar mais de uma pessoa simultaneamente. A Terceira densidade é a densidade da polaridade, literalmente, em que duas idéias estão presentes, como duas raquetes de ping-pong com uma bola no meio, indo e voltando, indo e voltando, indo e voltando. Essa dinâmica não pode ser quebrada nessa densidade de separação e dualidade.

Quando mudarem para os relacionamentos da quarta densidade,descobrirão que essa rigidez não será necessariamente útil para vocês. Pode até funcionar, mas  não lhes será necessariamente útil. Assim,  a entrada de uma terceira ou uma quarta ou quinta pessoa vai mudar totalmente essa dinâmica. E isso é algo que gostaríamos de abordar, porque há muitos medos em vocês sobre a idéia de amar mais de uma pessoa ao mesmo tempo, e esses medos estão baseados nas premissas oriundas da terceira densidade de modo que não podem ser aplicadas na realidade da quarta densidade.

Uma dessas premissas é que se seu companheiro amar outra pessoa, ela anulará o amor que pode ter por você. Isso é uma idéia da terceira densidade pois usa a idéia de “raquete”, ou seja, você tem uma quantidade determinada de energia e a usa como a bola de pingue-pongue, batendo nela  num vai e vem … Existe uma quantidade finita e determinada de energia que é gasta entre estes dois parceiros porque não há expansão. Agora, se você, estando na terceira densidade, inserir uma terceira variável, irá afetar a energia entre existente as duas raquetes, definitivamente. A dinâmica teria que mudar.

Em uma estrutura de quarta-densidade (como descrita por Germane), as idéias de amor e confiança incondicionais, de viver o momento, a honestidade, etc, estarão presentes. Essas idéias de 4D não suportam a idéia de que uma terceira, uma quarta, quinta ou milionésima pessoa ao, entrar em seu relacionamento, poderia tirar o amor que um companheiro  sente por você. Isso não pode acontecer. Absolutamente, não pode acontecer. E ponto final.

Agora, aqueles de vocês que já conversaram muito conosco estão cientes de que hoje eu tenho um companheiro único. Eu também estive em um grupo acasalado, e nele, a intensidade do amor entre as pessoas era tão forte, tão intensa, como o amor que sintoagora entre mim e meu único companheiro. Se outro companheiro vier fazer parte de meu relacionamento junto a meu companheiro de agora, não irá se quebrar o fluxo da energia. Será simplesmente a adição de uma outra faceta pela qual a energia poderá fluir. E essa é a diferença entre os relacionamentos de terceira e de quarta densidade, em relação à capacidade de amar mais de uma pessoa. A estrutura básica da terceira densidade é criada para apoiar a idéia de dualidade. A estrutura básica da quarta densidade é definida até à experiência da multiplicidade. Então, portanto, a quantidade de amor nunca é menor em um relacionamento de quarta densidade. Vocês estão me acompanhando? Têm pensamentos, comentários, ideias ou perguntas sobre este assunto?

Na terceira densidade, é tão difícil para mim ver eliminado o elemento “tempo”. Quando você está acostumado a ter um companheiro e, portanto, passar um certo tempo com ele, e então  traz outro companheiro, há um certo período de tempo passado com este outro que, em minha mente, eu percebo como não sendo passado comigo . Eu me pego no fator “tempo”.

Sasha: Bem, se passar um tempo com seu companheiro for igual à idéia não passar o tempo com seu companheiro, não haverá nenhum problema aqui. Há uma desigualdade inerente dentro das emoções, quando você diz: “Isto é melhor do que aquilo, então se eu não o tiver, estarei me privando.” Você está me acompanhando? Agora, novamente, nós não na ideia se quiser. Faça suas escolhas. À medida em que você começar a escolher como quer viver, essas coisas vão começar a aparecer-lhe. Mas reconheçam como o elemento tempo está implicado em tudo isso. Não é o tempo. É a sua identificação com algo que é igual ou desigual em sua realidade. Quando você se amar incondicionalmente, então o tempo passado com o seu companheiro será igual ao tempo passado sozinho.

Então, quando eu passar um tempo com meu companheiro, eu não estarei sozinho. Quando não estou com meu companheiro e estou sozinho, por causa da solidão, não sinto que uma situação seja igual à outra.

Exatamente. E novamente, na quarta densidade, como Germane estava dizendo, o reconhecimento é o de que você é quem gera a sua felicidade. Você é a sua felicidade. E assim, quando há esse reconhecimento, é quando se torna igual estar com o companheiro ou estar consigo, porque você ama a si mesmo tanto quanto ama o seu companheiro. Ambas as companhias serão apreciadas. Ambos serão iguais. E quando você vir o seu companheiro, será emocionante naquele momento e quando o seu companheiro não estiver, você estará animado naquele momento com você mesmo.

Sasha, quando você morava com um grupo, todos viviam em uma única residência? Eu sei que agora vocês dois têm duas casas separadas.

Sim,, morávamos em uma casa que é muito semelhante a que vivo agora, apenas em uma escala maior. Você quer saber mais sobre isso?

Bem, não, eu estava apenas curioso sobre isso, por nada em especial. Cada um de vocês tinha o seu próprio quarto naquela casa?

Sim.

De modo que você pudesse ficar sozinho tanto quanto poderia estar com outra pessoa.

Sim. Havia basicamente três tipos diferentes de ambientes. Um seria os “quartos de privacidade”, digamos assim, que só nós entramos. Depois, há uma sala secundária, onde você entra com um grupo específico, os convidados, como você poderia chamá-lo. E então tem o terceiro ambiente, que é o ambiente de toda a comunidade, e é aberto a todos. Perguntas ou comentários?

Temos um monte de barreiras em nossa sociedade em relação a esse tipo de informação, entre elas a religião e ocondicionamento social. Você poderia nos ajudar a aprender como compartilhar esta informação com o público e ensinar uma nova forma de relacionamento?

Sasha: Assim como você não pode ser responsável por magoar o outro, você não pode ser responsável por iluminá-lo igualmente. Faça o que puder, mas não comece com mais cruzadas!

Cada modo de vida é realmente diferente, dependendo da civilização, pois a maneira como você vai sanar isso é comparável à sua identidade enquanto espécie. Assim, por exemplo, o ponto de vista das Plêiades sobre a questão dos relacionamentos surgiu por causa do nosso passado e por quem éramos neste passado e, através desta evolução, chegamos a este ponto. A mesma coisa ocorreu com os Essassani, e com os Orions. Agora vocês em seu planeta, através de quem têm sido enquanto espécie, irão desenvolver o seu próprio caminho pessoal para realizar essa transformação. Nós não percebemos, pelo menos até agora, que haja outra forma de comunicação com os seres humanos da Terra que seja mais completo do que o que estamos começando a fazer com vocês.

A mudança vai acontecer, e mais rápido do que as pessoas conscientemente fazem suas escolhas para obtê-la. Vai levar mais tempo se resistirem, mas a transformação para a quarta densidade vai acontecer. A massa crítica vai acontecer. É apenas uma questão de tempo. E cabe a todos executá-la, quer escolham pegar o touro pelos chifres ou correr dele. De qualquer forma, vai acontecer.

Tradução minha, Flavia Criss em Ago/2011.

Fonte: http://www.worldtrans.org/lyssa/112edit.html

Foto: Iko

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s