VOCÊ JÁ É RICO

Relaxe, despreocupe-se e diga para si mesmo: “Vou pesquisar mentalmente o meu íntimo e procurar extrair algumas idéias maravilhosas que me proporcionem melhor desempenho e maiores realizações. Sei que possuo recursos, poderes, qualidades
e habilidades interiores as quais nunca percebera; sei que a Inteligência Infinita agora as revelará, desde que eu conscientemente as procure no meu depósito interior”.
Você ficará surpreso ao verificar como as novas idéias que lhe ocorrerem podem transformar-se em riquezas.

Adquira consciência do seu tesouro interior, organize suas idéias e ponha-se em ação.

IDÉIAS PODEM VALER BILHÕES

O carvão jaz em camadas, desde a era do dilúvio, um trabalhador, com sua picareta, fê-lo vir à superfície. Esta descoberta veio a proporcionar emprego para milhões de pessoas em todo o mundo e possibilitou também a formação de grandes e inumeráveis fortunas. O carvão leva o calor dos trópicos ao Círculo Ártico e aquece os lares das regiões polares da mesma forma que o faz em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Um menino escocês, buscando em seu íntimo uma nova idéia que lhe proporcionasse – e também a outros – algum dinheiro, visualizou uma fortuna ao observar o vapor que escapava de uma chaleira, levantando-lhe a tampa. Subitamente, a força expansiva do vapor veio-lhe à mente e essa idéia posteriormente deu origem ao motor a vapor, que revolucionou o mundo, proporcionando trabalho para milhões de pessoas e, assim, determinando a criação de riquezas fabulosas em todo o mundo.

Recentemente, alguém chamou minha atenção para uma declaração de Henry Ford. Ao ser interrogado sobre o que faria se perdesse toda a fortuna e o seu negócio, retrucou ele: “Pensaria em alguma outra necessidade básica, fundamental de todas as pessoas e a transformaria em realidade, de uma forma mais barata e mais eficiente do que qualquer outro. Em cinco anos seria novamente um multimilionário”.

Oportunidades tremendas estão à sua espera nesta era do espaço e da eletrônica. Procure em seu subconsciente idéias novas, criadoras e inspiradoras, libertando assim os seus poderes criadores; você encontrará necessidade de clemência, que oportunamente o enriquecerá e beneficiará. Comece agora a libertar o esplendor que se encontra enclausurado em seu interior!

SUA FORTUNA COMEÇA COM VOCÊ MESMO

A riqueza e a pobreza têm ambas origem em sua própria mente. Cabe a você decidir, de um forma positiva, se pretende ser rico e bem sucedido. A riqueza não é uma questão de oportunidade, sorte ou coincidência. A sua única oportunidade é aquela que você mesmo se proporciona.

Um jovem e brilhante executivo disse-me o seguinte:
“Trabalho duramente e por longas horas. Minhas sugestões e recomendações são em geral bem aceitas e têm proporcionado lucro à organização. Não obstante, nos últimos três anos tenho sido preterido nas promoções; até mesmo subordinados meus têm
sido aumentados e promovidos”.
Esse homem era inteligente e engenhoso, além de trabalhar arduamente. A resposta para o seu caso estava nas relações com sua ex-esposa. Há três anos discutiam a divisão de bens, o valor da pensão e o problema dos filhos. Inconscientemente, ele não
desejava ganhar mais dinheiro até a homologação da sentença, pois quanto mais ganhasse maior seria a pensão a pagar à ex-esposa. Ressentia-se de ter de pagar a pensão temporária, que julgava excessiva, e aguardava a decisão final do juiz.
Expliquei-lhe como funcionava o seu subconsciente e disse-lhe que na realidade ele estava decidindo que não desejava mais dinheiro, pois havia definitivamente incorporado aquele conceito negativo. Além disso, seu ressentimento, hostilidade, antagonismo
e desejo de não fazer concessões à sua ex-esposa já se haviam fixado em seu subconsciente e se manifestavam em todas as fases da sua vida financeira.
Quando você mentalmente decide não fazer concessões de riqueza a outra pessoa, está automaticamente agindo da mesma forma com você mesmo. Esta é a razão por que a “lei de ouro” manda que você pense, fale e aja bem com seus semelhantes, não
se deixando dominar pelo ódio, pelo ressentimento ou pelo criticismo, pois, sendo você o único pensador do seu universo, seus pensamentos negativos determinam reações igualmente negativas em todos os setores da sua vida. Seu subconsciente está sempre produzindo uma corrente de pensamentos cuja totalidade é projetada na tela do espaço.

Esse jovem executivo logo percebeu que era ele mesmo quem estava bloqueando sua própria expansão e promoção. A solução do seu problema estava em seu próprio íntimo e logo compreendeu que o amor repudia o ódio; assim, na medida em que desejasse saúde, amor, paz e prosperidade à sua ex-esposa e filhos ele seria igualmente aquinhoado com todas aquelas benesses. Começou também a achar que ela fazia jus a
importância razoável de dinheiro para a manutenção dos três filhos e que tal importância devia ser dada com alegria e satisfação e que, se isto fosse feito livremente, o retorno se faria multiplicado muitas vezes.
Eis a oração que fazia com freqüência: “Deus é amor e vida. A vida é uma e indivisível e manifesta-se no íntimo e através de todas as pessoas. A vida está no centro do meu próprio ser. Sei que a luz dissipa a escuridão e que o amor sobrepuja a maldade. Meu conhecimento do poder do amor sobrepuja a maldade. Meu conhecimento do poder do amor supera agora todas as condições negativas. Amor e ódio não coexistem. Atualmente lanço a luz de Deus sobre todos os pensamentos de medo e ansiedade,
afastando-os da minha mente. A alvorada (luz da verdade) surge e a penumbra (medo e dúvida) desaparece. Sei que o amor divino paira sobre mim, é o meu guia e ilumina o meu caminho. Deus está agora em todos os meus pensamentos, palavras e ações; Deus é amor. Sei que o amor perfeito repudia o medo”.

Em poucas semanas aquele jovem sofreu profunda transformação interior, tornando-se amável, afável, jovial e amoroso, como se tivesse renascido espiritualmente. Sua ex-esposa propôs-lhe uma reconciliação e o chama de amor, que no passado os levara ao altar, voltou a brilhar. “…

Não separa pois o homem aquilo que Deus uniu”. (Mateus 19:6).

1001 Maneiras de Enriquecer, p. 47.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s