Eu Quero Acreditar – Parte 1

Começo intitulando assim este artigo, com o intuito de render uma singela homenagem à minha-mais-do-que-amada-salve-salve série que assistia pela TV, lá pelos idos dos anos 90, quando ainda morava no Brasil : O Arquivo X (The X Files).

Residindo há 5 anos nos Estados Unidos, certamente já assisti The X Files por mais duas vezes, de cabo a rabo, incluindo as novas temporadas, quais sejam, seasons 10 e 11. E devo confessar que estou ainda esperando a 12a temporada, mesmo ciente de que Gillian Anderson já disse a nós, seu público fidelíssimo: no more.

Porém, contudo, todavia, não obstante, tal como ainda ocorre com a Agente Scully, o meu amor por Fox Mulder nunca morrerá. Por isso, continuarei esperando por mais uma temporada. Pretty please? Sim, sim, por favorzinho.

Mas senta e respira fundo, que esse artigo vai ter duas partes.

Você sabe, o Arquivo X não foi simplesmente uma série de TV como as demais, criada unicamente para o propósito de diversão. Muitas situações ali recriadas para a telinha a título de entretenimento tiveram e ainda têm grande fundamento na existência prática de esforços econômico-militares-industriais manipulados pelas grandes potências do mundo, tendo como seu maior intuito manter um grande segredo, há mais de 60 anos resguardado da população terrestre, qual seja: a existência de extraterrestres já perambulando entre nós. Pronto, falei.

Please, não destrate a mensageira que vos escreve. Não deixe esse post lhe colocar no grupo dos incrédulos, vertebrados e inveterados. Vem comigo ainda, que vou lhe explicando devagarinho.

Sei que muitas pessoas –especialmente aqui nos Estados Unidos– acham ridícula a ideia da existência de vida em outros planetas e não suportam falar sobre esse assunto. Se você conhece alguém assim, não lhe mostre esse post, por favor, pois minha intenção não é a de convencer ninguém com meus argumentos.

Porém, se você, como eu, acredita que não está só enquanto civilização neste imenso Universo, cuja Via Láctea é só uma de suas galaxiazinhas pequeninas, achegue-se mais e vamos conversar. E se não tem certeza de nada a esse respeito, também seja bem-vindo e vamos acolher novas possibilidades. Trato? Pois bem.

Pretendo trazer aqui exposições baseadas em dados fornecidos por uma personalidade deveras influente e respeitável no metier dos Ufologistas, dados esses que não se limitam meramente a provar a existência dos ETs entre nós, mas sim procuram advogar e alertar a todos sobre a probabilidade do surgimento de um grande scam ou tramóia que está sendo fabricada a fim de abalar a opinião pública a esse respeito.

Sim, eu quero continuar acreditando que já existem alienígenas entre nós.

Sim, eu quero continuar acreditando que esses alienígenas têm o interesse de trocar boas experiências e conhecimentos avançados conosco, terráqueos, pelo simples Bem Maior da humanidade — por quê não? Em nosso planeta, somos um conjunto de povos escravizados em todos os sentidos e precisamos, sim, de boas influências que se situem fora desse sistema monetário/capitalista-comunista de escravidão.

Enfim, eu quero acreditar que não cairemos nessa tramóia colossal a ser confeccionada pelo governo mundial — que não se resume unicamente à classe política global, já aviso de antemão– a fim de desvirtuar as provas da existência de ETs entre nós, que estão prestes a serem reveladas à grande população desavisada.

Porém, de quais formas poderá se dar essa revelação? Isso é o que veremos aqui.

I BELIEVE.

O Universo e várias Galáxias

Como é sabido, Steve Greer é um médico norte-americano aposentado que fundou o projeto Disclosure, iniciativa que tem contado com o meu apoio já há alguns anos (leia mais aqui). E abrindo parênteses: posteriormente, pretendo dedicar um post em especial para narrar meu encontro pessoal com o Dr. Greer, aguardemmmm –pronunciado à la Silvio Santos, hahaiiiiii!!! Fechando parênteses.

Em uma conversa gravada com David Wilcock no ano passado, Greer fala sobre algumas de suas inquietações quanto ao Movimento Disclosure (podcast de 2018- David Wilcock and Steven Greer), que, à primeira vista, não parecem coisa de gente sã, confesso a você que também me custou um pouco a acreditar. Mas muitos envolvidos nessa missão de esclarecimento global dizem que sim, que é bem provável que aconteça o que lhe conto a seguir.

Pois bem, uma das testemunhas que podem constatar a existência de alienígenas, homem muito importante de uma das agências governamentais dos EUA, contatou Greer depois de ter sido ameaçado por colegas quando em uma operação especial de inter-agências, ou seja, em uma situação em que agências internacionais trabalharam juntas, combinadamente.

Este homem foi tutelado a não fornecer informações sobre o projeto em questão, que seria nada mais do que a preparação de réplicas perfeitas de OVNIs, só que fabricados por humanos, na Terra — a saber, veículos dotados de propulsores anti-gravidade. A construção dessas naves estaria associada a outras manobras, como a confecção de alienígenas falsos e muitos outros artifícios, com o intuito de que, ao acionar de um botão, a simulação de uma invasão alienígena acontecesse em nosso planeta, porém de forma tão bombástica que até o departamento de defesa militar dos EUA fosse ludibriado juntamente com toda a população mundial.

Pasme, nem mesmo Greer acreditou nessa estória na época, década de 70. No entanto, nos espaços que ele tem frequentado por ocasião do seu trabalho ao longo dos anos, dúzias de outros agentes — sim, ele usa a palavra dúzias — contaram-lhe a mesma história, sendo pessoas de outros círculos de convivências, que não se conheciam mas trabalhavam em outros serviços secretos governamentais.

Muito bem, vamos refletir juntos sobre o cerne dessa informação: a revelação sobre a existência de extraterrestres e OVNIs já em nosso planeta é um evento que tem muitas implicações extremamente positivas para o caso dos escravizados, ou seja, simplesmente a esmagadora maioria da população da Terra. Porém, para uma minoriazinha extremamente rica e poderosa– denominei-os de Donos da Terra —  tal revelação só poderá se dar a custo de muito dinheiro, por eles coletado, obviamente, frente a uma certeira e gigantesca fonte: a catástrofe — ou seja, guerras, tragédias e calamidades.

Caro leitor, me permita repetir: são muitos os cenários que podem ser descortinados a partir dessa revelação, porém são poucos e espetaculares os que promulgam a melhoria fundamental da humanidade quanto aos seus modos de pensamento e existência.

SONHO REAL

Em seu livro Extraterrestrial Contact: The Evidence and Implications, Greer apresenta os melhores panoramas para o nosso planeta, resultantes dessa grandiosa revelação: são visões de Paz, de avanços tecnológicos/biotecnológicos e científicos a se tornarem disponíveis para todos os seres humanos — eu disse todos, sem exceção — e, principalmente, a volta da esperança aos corações.

Como? Vou te levar pra ver o que vejo, como cantado nos versos do Dr. Greer.

Considere um cenário grandioso e pacífico, em que a presença de extraterrestres Universo afora, incluindo a Terra, é fato apresentado e reconhecido pelos seres humanos, com esperança quanto às inúmeras tecnologias e benesses que esse nosso contato com civilizações e mundos diferentes poderia fornecer.

Agora, imagine o fim da polêmica da existência de vida em outros planetas e a possibilidades de serem respondidas todas as nossas perguntas, sem a censura dos governos mesquinhos e das indústrias gananciosas, que temem perder dinheiro.

Veja, leitor amado, que lindo: a humanidade estabelece laços de amizade e inter-cooperação com sociedades alienígenas tecnologicamente e socialmente mais avançadas, visando a Paz e o bem de todos. Veja agora as tecnologias de livre-energia, suprimidas ate então, serem liberadas a todos, gratuitamente — é o fim da poluição em nosso planeta! Veja a economia com base na abundância de recursos e justiça social ser implantada entre as mais diversas civilizações terrenas! Veja agora a reconstrução dos meio-ambientes terrestres poluídos e abusados pela ambição desmedida, mal já overrated e ultrapassado! Veja a fome ser extinta entre os seres vivos e a pobreza ser eliminada até da nossa memória!

Veja mais ainda, leitor amado: mecanismos de energia baseados em Ponto-Zero a transformar o nosso mundo! Transportes com motores à base de eletro-gravidade volitando sobre as terras verdes e livres da necessidade de se construirem estradas! Imagine tudo isso! Assim como disse um ET ao Coronel Phillip Corso: é um mundo totalmente novo, se o aceitarem.

Sim, precisamos amadurecer nossa visão quanto a esses aspectos, pois tenho certeza de que você sonhou comigo!

Como avisa o Dr. Greer, somente um povo atento e informado pode ver além do colossal engodo que está sendo preparado para a sociedade escravizada e corrigi-lo a tempo, pois todo cidadão terrestre precisa saber das grandes benesses que podem ser advindas da simples revelação de que existem extraterrestres à nossa volta!

No entanto, nós, cidadãos que já amadurecemos nossa visão a esse respeito também precisamos nos atentar para o fato de que essas visões maravilhosas, enquanto reais possibilidades, poderão continuar a ser distorcidas, a fim de que os objetivos daqueles que unicamente almejam manter sua incomensurável riqueza e poder sejam infinitamente reiterados.

É sobre isso que conversaremos na segunda parte.

Até lá! Espero 🙂

Flávia Criss,

San Francisco North Bay.

3 comentários

  1. Olá. Entendo suas colocações, eu mesma já me preocupei bastante com esse assunto. Mas sugiro que você assista um vídeo do Bashar onde alguém pergunta sobre esse assunto à ele. Sua resposta é para não nos concentrarmos no que não queremos e que ele (Bashar) não vai mais falar sobre assuntos que geram medo, justamente para não criarmos essas situações em nossas vidas. Tentei achar o link pra colocar aqui mas não consegui.

    1. Oi Renata, muito obrigada pelo seu comentário! Sim, eu conheço as respostas de Bashar sobre o assunto. A questão do Disclosure é um pouco diferente, na minha opinião. Não creio que seja algo que cause medo, pelo contrário. É o direito à vida! E vida é amor! Vou explicar melhor na segunda parte. Muito obrigada de novo pelo seu toque! Abraços!

Deixe uma resposta para flaviacriss Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s