Dia 1 — Reconhecendo que você é amor puro

Foto por Daniel Reche em Pexels.com

Mesmo que você não acredite muito, cada um de nós somos Amor Puro…assim, com letra maiúscula mesmo!

Cada bebezinho que nasce é Amor Puro! E assim o somos, eu e você.

Como Lorna Byrne assegura através dos Anjos, o Amor é um dom que jamais poderá ser destruído, diminuído, perdido, gasto, ou terminado. Esse Amor Puro que somos permanece conosco sempre, até o fim das nossas vidas.

Lorna conta que, certa vez, viu na rua um casal com um bebezinho recém-nascido, de uma ou duas semanas de vida, apenas. Os pais tinham uns vinte e poucos anos e o Anjo que estava com eles contou a Lorna que o bebê era o primeiro filho desse casal e que os dois estavam extasiados de felicidade e orgulho por terem um bebê tão lindo, pois eram muito, muito apaixonados mesmo um pelo outro!

Lorna conta que conseguia ver claramente a força do Amor que emanava do bebê, desprendendo-se de todo o seu corpinho. Quando o bebê mexia suas mõzinhas, os dedinhos direcionavam aquele Amor Puro, que parecia um cristal, brilhando reluzente!

Quando nascemos, somos esse Amor Puro, exatamente como esse bebê que Lorna descreveu, e esse Amor continua aqui dentro de cada um de nós, pronto para expandir-se quando o liberamos ao mundo.

O primeiro passo é reconhecermos que somos todos, cada um de nós, Puro Amor.

Para muitos, esse reconhecimento pode ser um pouco difícil….pode remexer com emoções, pensamentos e julgamentos que podem estar lhe dizendo exatamento o contrário!

Você pode estar um pouco apreensivo quanto ao despertar dessas emoções…mas ao remexê-las, você também estará revolvendo o amor que está ali adormecido e este será o primeiro passo para que você possa liberar mais do Amor que você tem bloqueado dentro de si.

Lorna conta a estória de uma foto de uma amiga dela, Jean, que morava em Dublin. Há mais de 10 anos, quando Lorna visitara a casa da amiga pela primeira vez, os Anjos mostraram a ela uma foto em preto e branco de sua amiga Jean quando bebê, com uns 6 meses, dormindo chupando o dedinho em um carrinho de bebê daqueles antigos, bem grandões.

Quando Lorna comentou com a amiga sobre a foto, ela lhe disse que essa foto tinha sido tirada pelo pai para dar de presente a uma pessoa da família, como era costume da época, e que depois que essa pessoa faleceu, a foto voltou para ela. Lorna comentou com a amiga que essa foto tinha sido dada como “presente” porque ela queria que a pessoa visse o seu melhor lado. E toda vez que Lorna visita a amiga naquela casa, ela sente como se essa foto se iluminasse, como se os Anjos tivessem mostrando a ela como Jean é Amor Puro, desde quando bebê.

Lorna conta que toda vez que ela está na sala da casa dessa sua amiga, em que fica esse porta-retrato, ela vê um Anjo bem ao lado da mencionada foto — o Anjo é bem alto e maravilhoso, e algumas vezes ela consegue ver as asas dele. As roupas desse Anjo mudam sempre: da última vez que ela o viu, a amiga tinha acabado de mencionar o quanto amava o Outono, e então o Anjo imediatamente vestiu-se com tons de Outono.

Em uma das vezes em que Lorna esteve com Jean nessa sala, o enorme Anjo da Guarda da amiga se iluminou, vestido de dourado, debruçado sobre Jean e sorriu para Lorna….então lhe disse, não em palavras, como era difícil Jean entender que ela era Amor Puro, pois ela batalhava para amar a si própria, porque não se achava boa o suficiente nas coisas que fazia. Lorna se surpreendeu e disse ao Anjo: “Mas ela é brilhante! Mesmo sem reconhecer isso nela!”

Mesmo lutando para entender, Jean é Amor Puro. Lorna diz que o pode ver claramente naquela foto.

Eis O Que os Anjos nos Sugerem Para Hoje…

  1. Encontre uma foto de você quando bebê e reconheça que aquele bebezinho ali é Puro Amor.
  • quando estiver procurando sua foto quando bebê, esteja ciente de que essa foto serve para lhe ajudar a se lembrar de que você já é Amor Puro;
  • quando encontrar a foto, sente-se com ela por alguns minutos e a olhe como se fosse a primeira vez que você vê essa foto na vida….perceba a sua beleza, a sua paz e o seu Amor;
  • Sinta o Puro Amor que jaz ali naquele bebê…e reconheça que esse bebê é Puro Amor e É VOCÊ!

Você pode colocar essa foto em um lugar em que possa sempre vê-la, para que ela lhe lembre disso. Você pode até tirar a foto da foto com o seu celular, para tê-la sempre com você. E pode sim mostrá-la para as pessoas!

Se você achar esse exercício muito difícil ou emocionante demais, considere essas dicas:

  • descarte por um momento as críticas e julgamentos que você tenha a seu respeito agora, na idade adulta…aqui você só precisa — se quiser — reconhecer o Amor Puro que você é quando era um bebêzinho inocente.
  • peça a ajuda do seu Anjo da Guarda
  • guarde a foto e só olhe para ela quando achar, mais tarde, que vai ficar bem em contemplá-la.

2. Pensamento do Dia

Eu Sou Amor Puro.

Diga “Eu Sou Amor Puro” três vezes pelo dia de hoje, pelo menos.

E toda vez que o disser, o amor que existe dentro de você irá se soltar cada vez mais.

Diga as palavras e as sinta no coração.

Não se preocupe se dúvidas surgirem.

Até amanhã!

Flávia Criss

Foto por Pixabay em Pexels.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s